Uma equipe formada por estudantes universitários da FEI ficou em primeiro lugar no campeonato mundial de robótica ocorrido em Bangkok, na Tailândia, com a apresentação de Hera, um robô-cuidador doméstico.

O evento, que começou no dia 13 de julho, recebeu cerca de três mil participantes de 45 países diferentes. O veredito ocorreu após quatro dias de prova. A categoria At Home do RoboCup 2022, na qual os brasileiros ficaram na liderança, recebeu robôs que realizam inúmeras atividades, tendo em vista o conforto do usuário em casa.

publicidade

Leia mais:

O time composto por cinco alunos e um professor universitário criou o dispositivo Hera que é dotada de inteligência artificial programada para realizar atividades domésticas, como: organizar prateleiras, registrar preferências, certificar se os moradores de uma determinada residência estão hidratados, e até chamar por auxílio médico em caso de necessidade. Tudo isso sem qualquer influência de radiocontrole humano.

Vencedor do campeonato de robótica

O dispositivo desenvolvido em 2015, sofreu diversas melhorias, principalmente estimuladas pelos pré-requisitos de cada edição do evento. Apesar das inúmeras tarefas que Hera pode realizar, o robô ainda não é capaz de fazer faxina, pois só interage com objetos de altura a partir de 30 cm.

O diferencial do robô este ano foi a leitura de visão computacional e de inteligência artificial integradas à manipulação de hardware com a invenção que reduziu a possibilidade de erros e permitiu o registro das preferências do usuário.

Diferentemente dos outros participantes, a equipe brasileira realizou a montagem da máquina no local. Geralmente, os dispositivos são levados já montados, em container. Foram utilizadas cinco malas de viagem, recheadas com peças, papéis e plástico-bolha.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!