A General Motors (GM) e a Ford já começam a preparar o terreno para a chegada dos seus primeiros veículos autônomos. Ainda que essa realidade esteja no horizonte para o consumidor final, a dupla de gigantes do mercado automotivo enviou uma solicitação à NHTSA, a Administração Nacional de Segurança Rodoviária dos EUA, para começar a produzir carros sem volante e pedais.

No documento, ambas revelam que confiam nos seus sistemas de direção autônoma. O plano é testá-los o quanto antes nas ruas antes das concorrentes.

publicidade

A GM pediu a liberação para produzir 2,5 mil unidades do Origin, seu veículo autônomo sem nenhum controle manual. Já a Ford, não especificou no relatório qual modelo pretende utilizar no seu programa de testes. 

A montadora, no entanto, declarou que a autorização “é um passo importante para ajudar a criar um caminho regulatório que permita que tecnologias autônomas amadureçam, eliminando controles e telas que são úteis apenas para motoristas humanos”.

Veja também:

Baidu lança carro autônomo com volante removível

A chinesa Baidu apresentou recentemente o Apollo RT6, o seu veículo totalmente autônomo e o primeiro construído do zero pela empresa. A novidade foi revelada na conferência de tecnologia ‘Baidu World 2022’ e um dos detalhes que chamou a atenção foi o seu volante removível.

Segundo a companhia, que firmou uma parceria com a Geely em 2021 para fabricar veículos elétricos, o carro chega ao mercado já em 2023 para se juntar à sua frota de táxis autônomos na China, a Apollo Go.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!