Fenômeno que estourou em 2020, durante as fases mais duras da pandemia da Covid-19, “Among Us” quase foi cancelado pela Innersloth, desenvolvedora do jogo.

Em 2019, quando o game de dedução social ainda não tinha atingido essa popularidade, a equipe da Innersloth já estava com outros planos, como trabalhar em um “Among Us 2”. Caso isso fosse para frente, poderia resultar no fim do suporte para o primeiro título e, com isso, o jogo não seria um hit no ano seguinte.

publicidade
Imagem: Reprodução/Innersloth
Imagem: Reprodução/Innersloth

“No começo de 2019, nós basicamente havíamos terminado com o jogo”, afirmou Marcus Bromander, co-fundador da Innersloth, em entrevista para o podcast Visionaires. “Lançamos o terceiro mapa, fizemos as correções de bugs necessárias para o funcionamento do jogo e ficamos assim: ‘É isso. Acabou. Vamos trabalhar em outra coisa agora'”, completou.

No entanto, depois da onda de popularidade do game, a Innersloth decidiu continuar trabalhando nele. As ideias para uma sequência ainda continuavam sendo pensadas, mas a decisão foi que não havia necessidade disso ocorrer, por enquanto.

Leia mais:

“Devemos fazer ‘Among Us 2’ ou devemos atualizar o primeiro que está sendo jogado por todo mundo?”, disse Bromander. “Teve muitas pessoas jogando. Eu queria experimentar o lançamento de atualizações para que muitos jogadores testassem”, complementou.

As mais recentes atualizações de “Among Us” incluem uma lista de amigos no sistema e as implementações de classes nos tripulantes e impostores. Além disso, a versão VR do jogo está em desenvolvimento e pode ser lançado em breve.

No auge da fama, o game chegou a conquistar dois prêmios no The Game Awards de 2020, um de melhor jogo para celular e outro de melhor jogo multiplayer.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!