A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) publicou um painel no qual revela que, no Brasil, 66% das ligações de banda larga fixa consistem em fibra óptica. Isso representa aproximadamente 28 milhões de negócios.

Essa situação é efeito colateral da constante modernização da infraestrutura das telecomunicações no Brasil. O começo deste processo trouxe benefícios sobretudo para os grandes centros das cidades, que agora continua crescendo cada vez mais para as cidades menores e bairros de periferia.

publicidade

A Anatel realizou um levantamento recentemente sobre o mês de junho deste ano, e nesse levantamento, a banda larga fixa no país ficou distribuída entre:

  • Fibra óptica – 66%
  • Cabo coaxial – 21,5%
  • Cabo metálico – 7,7%
  • Rádio – 4%
  • Satélite – 0,8%

Esses sistemas, somados, correspondem a 42,1 milhões de contratos de banda larga fixa e apenas 27,8 milhões para a fibra óptica.

Leia mais:

Operadoras de fibra óptica

Em destaque, a operadora Vivo lidera em relação às outras.

  • Vivo – 18,2%
  • OI – 14,4%
  • Brisanet – 3,5%
  • Algar – 2,7%
  • Claro – 2,6%

Analisando o cenário como um todo, mesmo a Vivo liderando, é a Claro que tem a maior proporção de clientes, com 23,2%. Esse número é o resultado do domínio da companhia sob 98,7% em cima do segmento de cabo coaxial.

Agência Nacional de Telecomunicações do Brasil, ANATEL
Crédito editorial: rafastockbr / Shutterstock

São Paulo começa a transmitir 5G até esta quinta-feira, diz Anatel

O sinal 5G será ativado em São Paulo até esta quinta-feira (4). A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) confirmou que as teles já autorizaram 892 antenas para ativação da nova rede. 

A informação foi dada por Moisés Queiroz, conselheiro da Anatel e presidente do Gaispi (Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência), em entrevista ao Estadão/Broadcast. Segundo Queiroz, o número de antenas autorizadas corresponde a 20% do total das antenas 4G disponíveis na cidade de São Paulo atualmente. 

Para saber mais, acesse a reportagem do Olhar Digital.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!