Nesta terça-feira (2), o Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência (Gaispi) e a Anatel confirmaram que São Paulo receberá a tecnologia 5G na próxima quinta-feira (4). 

Na cidade, a Anatel já recebeu 1.378 pedidos de licenciamento de antenas. Até o momento foram autorizadas 892 antenas para a ativação do 5G puro, o que representa quase o dobro do valor mínimo de antenas que eram exigidas pela agência nesta fase inicial. 

publicidade

A estimativa é que a cidade de São Paulo deva atingir 25% da área urbana logo na estreia do 5G na cidade.

“A maior concentração de antenas está no Centro Histórico, na região da Avenida Paulista e no Itaim Bibi. Já os bairros da Aclimação, da Mooca e do Brás, por exemplo, terão cobertura menor no início do processo”, informou a Anatel. 

A agência comunicou que já foram instalados equipamentos em 226 estações o Serviço Fixo por Satélite (FFS) testados para garantir a operação livre de interferências.

A estimativa é que a cidade de São Paulo deve atingir 25% da área urbana logo na estreia do 5G na cidade. Imagem: Reprodução/Estadão

O número de pedidos de licenciamento de estações para a ativação do 5G standalone na capital já representa cerca de 30% do total de 4.592 estações 4G atualmente ativas na cidade de São Paulo.

Confira o cronograma estabelecido pelo Edital que aponta para os seguintes números de antenas 5G em SP nos próximos anos:

Julho de 2022: 1 ERB (Estação Rádio Base) para cada 100 mil habitantes e 154 estações por prestadora (mínimo de 462 antenas, considerando as três empresas que adquiriram lotes para operar em São Paulo no Leilão de 5G)

Julho de 2023: 1 ERB (Estação Rádio Base) para cada 50 mil habitantes e 308 estações por prestadora

Julho de 2024: 1 ERB (Estação Rádio Base) para cada 30 mil habitantes e 514 estações por prestadora

Julho de 2025: 1 ERB (Estação Rádio Base) para cada 10 mil habitantes e 1.540 estações por prestadora

Atualmente as capitais Brasília (DF), Porto Alegre (RS), João Pessoa (PB) e Belo Horizonte (MG) já operam na rede 5G.

Imagem: jamesteohart/ Shutterstock.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!