Desde a noite de domingo (31), moradores de Veracruz, no México, vêm especulando a respeito de um estranho objeto que caiu sobre uma árvore localizada em Lomas Del Río Medio, um bairro da região norte da cidade. O primeiro relato sobre a esfera misteriosa foi feito pelo meteorologista Isidro Cano, em sua página no Facebook, logo se espalhando pelas redes sociais e levantando uma variedade de suspeitas.

“Urgente. Relatamos um objeto em queda no topo de uma árvore em um bairro ou subdivisão ao norte da cidade de Veracruz”, diz o post de Cano, publicado às 22h40 de domingo pelo horário local (já 00h40 do dia seguinte pelo horário de Brasília). “Ele tem forma redonda e parece ser feito de um plástico muito duro ou de uma liga de vários metais. Aparentemente, tem uma antena”.

publicidade

DOMINGO 31 DE JULIO DE 2022.- 22:00 pm.☆ ISIDRO CANO LUNA ☆ EL TIEMPO TAMBIÉN ES NOTICIA.URGENTE.SE REPORTA CAÍDA…

Publicado por Isidro Cano em Domingo, 31 de julho de 2022

Segundo a publicação, aqueles que viram o objeto cair do céu dizem que a queda emitiu um som, mas sem fogo. “Na minha opinião, poderia ser parte do foguete chinês que estava fora de controle e que um grande número de peças foram vistas caindo na Malásia, do outro lado do mundo”, escreveu Cano, aconselhando as pessoas a não tocarem ou chegarem perto do objeto até que ele fosse analisado por especialistas. “Pode ter radioatividade”, alertou.

Cerca de uma hora depois, o meteorologista fez uma nova postagem em sua rede social, dizendo que uma equipe especializada das Forças Armadas do México e/ou da Secretaria da Defesa Nacional deveria encapsular o objeto e entregá-lo para estudo. O que, de fato, aconteceu.

Segundo Cano, por volta das 3h15 da manhã (pelo horário local), o objeto foi retirado do topo da árvore. “Informo que o artefato foi removido por pessoa altamente capacitada, com equipamentos especializados, encapsulando-o com todas as medidas precaucionais e protocolos que o processo pedia”.

Ele informou também que a análise será feita “além das fronteiras” do país, em local não revelado. “As autoridades dirão que foi uma piada ou uma notícia falsa? O tempo dirá quem os informou com a precisão e a veracidade que o caracteriza”, escreveu o cientista, ressaltando que, por se tratar de uma questão de segurança nacional, tudo é mantido no mais absoluto sigilo.

Leia mais:

Enquanto as informações oficiais sobre a origem do objeto não chegam, não faltam palpites (e memes) por parte dos comentaristas do sofá. Uma das teorias mais recorrentes é de que a esfera tenha relação com a queda descontrolada do foguete Long March 5B, da China, ocorrida no sábado (30), no oceano Índico.

Segundo especialistas do site Fronteira Espacio, no entanto, é quase impossível que uma parte de um foguete tenha pousado em terra sem criar uma cratera nem mesmo destruir a árvore.

Claro que a associação com alienígenas não poderia ficar de fora. 

Houve também quem relacionasse o objeto a personagens de desenhos animados.

Até o momento, a ideia mais plausível é de que a esfera seja parte de um balão meteorológico, equipamento carregado de hidrogênio ou gás hélio usado para transportar radiossondas, dispositivos usados para medir temperatura, umidade, pressão, velocidade e direção do vento na atmosfera superior da Terra.

Os balões meteorológicos podem atingir altitudes de 40 km ou mais, limitado por pressões decrescentes que fazem com que o balão se expanda a tal grau que se desintegre. Quando isso acontece, o pacote de instrumentos é geralmente perdido, embora um paraquedas possa ser utilizado para ajudar a facilitar sua recuperação.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!