A NASA publicou um comunicado no qual explica o que era o “espaguete” misterioso encontrado em Marte, no início de julho deste ano, pelo rover Perseverance.

Como esperado, o inesperado item não se trata de restos de uma civilização alienígena ou algo tirado de um filme de ficção científica. Na verdade, o achado é um pedaço de rede Dacron, uma fibra de poliéster usada na confecção de cobertores térmicos. De acordo com o anúncio da agência espacial, o material “parece ter sofrido trituração significativa, sugerindo que foi submetido a forças fortes”.

publicidade

Leia mais:

O Olhar Digital já havia destacado as suspeitas da agência espacial norte-americana, quando a imagem do emaranhado foi amplamente divulgada. Entretanto, algumas avaliações ainda precisavam ser feitas para ter certeza do que foi flagrado pelo Perseverance

Na época em que a imagem chegou ao conhecimento da Nasa, a entidade explicou que, provavelmente, o “espaguete” era um pedaço de lixo espacial remanescente da chegada do próprio rover ao planeta, em fevereiro de 2021. Suspeitou-se também que era “um pedaço de cabo do paraquedas ou do sistema de pouso que abaixa o rover [Perseverança] para o chão”.

Quando o rover Perseverance realizou os procedimentos de pouso, o impacto do hardware que controla a entrada, descida e o pouso, conhecido pela sigla EDL, espalhou detritos pela superfície marciana, e foi daí que veio a rede Dacron.

nasa perseverance
Rover Perseverance (Imagem: NASA)

Ocorrência cada vez mais comum

De acordo com a NASA , o objeto viajou impressionantes 2,2 quilômetros do local de pouso provavelmente por causa do vento. Entretanto, quatro dias após a imagem feita pelo rover, o material desapareceu misteriosamente.

Isso pode se tornar um problema, pois resíduos levados à Marte pelas explorações atrapalham a coleta e a análise das amostras, pois gera contaminação do solo. Apesar de não ser uma grande questão no momento, detritos espaciais descartados na superfície marciana são uma ocorrência bastante comum.

Recentemente, por exemplo, o Perseverance flagrou um pedaço da manta térmica utilizada em sua descida no planeta vermelho. Ou seja, os objetos estranhos fotografados pelo Rover geralmente foram deixados por ele mesmo no planeta vermelho.

Via: The Byte

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!