Programada para ser lançada na última segunda-feira deste mês (29), a missão Artemis 1 será um voo de teste não tripulado do complexo veicular Space Launch System (SLS) formado pelo propulsor de mesmo nome e a cápsula Orion. Durante o voo, a espaçonave vai circundar a Lua para testar as tecnologias de que a NASA precisa para permitir o retorno dos seres humanos à superfície lunar. 

O SLS sendo transportado do VAB para a plataforma de lançamento pela primeira vez, em março, antes da primeira tentativa de realização do ensaio molhado. Megafoguete da missão Artemis 1 repetirá a viagem nesta terça-feira (16). Imagem: NASA TV

A agência espacial norte-americana anunciou que o megafoguete será transportado nesta terça-feira (16) do Edifício de Montagem de Veículos (VAB) até a Plataforma de Lançamento 39B, no Centro Espacial Kennedy, na Flórida.

publicidade

Uma transmissão ao vivo do evento está programada para iniciar às 16h (pelo horário de Brasília), pela NASA TV, no site e no canal oficial no YouTube. De acordo com traslados anteriores, o trajeto de pouco mais de 7 km costuma ser percorrido por aproximadamente 11 horas. 

O SLS (que tem 98 metros de altura e pesa 2,6 mil toneladas) será carregado pelo colossal Crawler-Transporter 2, um dos dois rastreadores construídos em 1965 para apoiar as missões do programa Apollo. São duas das maiores máquinas já desenvolvidas; cada uma tem 40 m de comprimento por 34,7 m de largura, e pesa mais de 2,7 mil toneladas.

publicidade

Leia mais:

A missão Artemis 1 levará uma variedade de cargas científicas para esse voo de 42 dias ao redor da Lua, além de objetos curiosos que compõem o chamado Kit Oficial de Voo (OFK).

publicidade

Se tudo correr conforme o planejado, a missão Artemis 2 vai enviar astronautas em um voo que fará o mesmo circuito ao redor da Lua, no ano de 2024. E então, em 2025 ou 2026, a missão Artemis 3 vai finalmente pousar astronautas perto do polo sul lunar.