As chances de ser atingido por um raio é baixa, mas não impossível. O físico James Rawlings, da Universidade de Nottingham Trent, no Reino Unido, cita algumas medidas que podem ser tomadas para que as pessoas se protejam durante o fenômeno.

Para entender as razões da proteção, primeiro é preciso saber como uma tempestade com raios se forma. Esse fenômeno meteorológico se origina a partir da umidade e do ar quente, por isso, eles são mais comuns no verão. Juntos, esses aspectos criam grandes quantidades de ar úmido carregado eletricamente que sobem para a atmosfera. Dentro das nuvens há partículas de gelo eletricamente carregadas, e quando o ar úmido também energizado, porém com carga oposta, se encontra com esse gelo, os raios se formam.

publicidade

Leia mais:

As ações mais comuns recomendadas pelo especialistas é evitar ficar debaixo de árvores ou perto de uma janela, não falar em um telefone com fio (telefones celulares são seguros), evitar o uso de aparelhos eletrônicos ligados na tomada, pois eles oferecem caminhos para a descarga elétrica vinda dos céus.

publicidade

E quanto às atividades corriqueiras? Como lavar pratos ou tomar banho? Rawlings pede cautela, pois os raios, que se formam através do desequilíbrio energético da tempestade, querem voltar ao estado equilibrado e para isso a tempestade descarregará grandes quantidades de energia na Terra, geralmente, pelo caminho que oferece menor resistência.

Objetos que conduzem eletricidade atraem os raios

Objetos que conduzem mais eletricidade, como o metal, estão mais propensos a serem atingidos por um raio durante uma tempestade. Então, mesmo dentro de casa, as pessoas precisam tomar cuidado, já que fios metálicos, tubos ou até mesmo a água fornecem um caminho condutor conveniente para a eletricidade seguir até o chão. As torneiras e o chuveiro são dotados desses dois elementos, água e metal, fatores que os torna um caminho ideal para a eletricidade. É por essa razão que o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos EUA, encoraja fortemente que as pessoas evitem todas as atividades à base de água durante uma tempestade – até mesmo a lavagem – para reduzir o risco de eletroplessão.

publicidade

Estar apoiado em uma parede de concreto, durante uma tempestade, também pode não ser uma boa ideia. Apesar de o concreto não ser um bom condutor de eletricidade, lembre-se, de que a parede está reforçada com vigas metálicas e elas podem fornecer um caminho condutor para os raios.

A chance de ser atingido por um raio é baixa. Globalmente, cerca de 24.000 pessoas são mortas por um raio e outras 240.000 ficam feridas. Então, quanto mais medidas preventivas, melhor.

publicidade

Via: Science Alert

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.