Atualmente, a França gera 25% da sua eletricidade com energias renováveis. Parece razoável, entretanto, ainda é menos que os seus vizinhos europeus. Para acelerar essa mudança, o Senado francês aprovou um projeto de lei ambicioso. A ideia é exigir a instalação de painéis solares para cobrir vagas nos estacionamentos.

Aqueles que tiverem de 80 a 400 vagas terão cinco anos a partir de julho de 2023 para se adequarem (estacionamentos maiores terão apenas três anos para mudar a partir da mesma data).

Vídeo relacionado

Veja também:

A lei prevê que a metade da área dos estacionamentos seja dedicada para as placas solares. O governo diz que a iniciativa pode gerar 11 gigawatts de energia, o equivalente a 10 reatores nucleares — uma das principais fontes de energia do país.

publicidade

Algumas exceções de isenção são quando os estacionamentos ao ar livre não têm condições técnicas e/ou de segurança para a instalação da infraestrutura. Lotes sombreados por árvores em pelo menos metade da sua área, por exemplo, também podem escapar da exigência.

Painéis solares em estacionamentos.
Painéis solares utilizados para cobrir vagas em um estacionamento. Imagem: aminkorea/Shutterstock

Além disso, o governo planeja construir fazendas de energia solar em terrenos próximos às rodovias, ferrovias e áreas agrícolas. A operadora ferroviária francesa, a SNCF (“Société Nationale des Chemins de fer Français“), quer instalar mais de um milhão de metros quadrados de painéis solares até 2030, reduzindo em um quarto a importação de energia no país.

publicidade

Por enquanto, não ficou claro como os operadores de estacionamento vão pagar pelas instalações, ou quanta ajuda financeira o governo fornecerá.

Imagem principal: Jonathan Weiss/Shutterstock

publicidade

Via: Publicsenat

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!