Neste sábado (3), os astronautas Josh Cassada e Frank Rubio, da NASA, vão realizar uma atividade extraveicular (EVA) na Estação Espacial Internacional (ISS). Durante essa caminhada espacial, eles vão começar a instalação dos novos painéis de energia solar do posto orbital avançado.

Suportes de um painel solar iROSA são vistos após serem instalados no lado estibordo da Estação Espacial Internacional durante uma atividade extraveicular realizada em março. Neste mês, mais duas caminhadas espaciais estão programadas para instalar novas matrizes. Imagem: NASA TV

De acordo com um comunicado da NASA, o procedimento tem início às 9h25 (pelo horário de Brasília) e tem previsão de sete horas de duração, com transmissão ao vivo pelo canal da agência no YouTube, pelo site e app, a partir das 9h.

publicidade

Além de começar a instalação das matrizes solares denominadas International Space Station Roll-Out Solar Array (iROSA), para aumentar a geração de energia do canal 3B no estibordo da estação, os astronautas também devem desconectar um cabo para garantir a reativação do canal 1B. 

Recentemente, os controladores de voo mudaram o roteamento de eletricidade para remover um dos oito canais de energia da ISS, com o intuito de garantir que as baterias estivessem sendo carregadas nos níveis esperados. Os sistemas normalmente alimentados pelo canal 1B estão atualmente usando eletricidade do canal de energia 1A, sem impacto nas operações da estação.

publicidade

Com as adequações planejadas para esta caminhada espacial, os astronautas vão restaurar a redundância dos sistemas afetados após uma falha inesperada observada no canal 1B na última segunda-feira (26). Ao isolar uma seção da matriz afetada, que foi uma das várias cadeias de caracteres danificadas, a meta é restaurar 75% da funcionalidade da matriz.

Cassada e Rubio também vão fazer a caminhada espacial seguinte, programada para o próximo dia 19, desta vez para instalar um iROSA no canal de energia 4A na treliça do porto, em horário ainda a ser definido.

publicidade

Leia mais:

Os painéis iROSAs chegaram à estação espacial na terça-feira (27), lançados a bordo da 26ª missão comercial de reabastecimento da SpaceX para a NASA. Estes serão o terceiro e quarto painéis solares instalados no laboratório orbital de um total de seis planejados. Juntos, eles aumentarão a capacidade de geração de energia em até 30%, elevando a potência total disponível da estação de 160 quilowatts para até 215 quilowatts.

publicidade

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!