Nesta semana, a equipe de garantia de qualidade da ZeniMax divulgou que cerca de 300 funcionários se organizaram para a formação de um sindicato na Microsoft, junto da Communications Workers of America (CWA).

O grupo também inclui trabalhadores da Bethesda, estúdio controlado pela ZeniMax Media que foi comprada pela Microsoft em 2021.

publicidade

Leia mais:

Em post no Twitter, o perfil de trabalhadores da ZeniMax anunciou a conquista de ser o primeiro grupo da Microsoft a se sindicalizar:

publicidade

“Hoje, nós, a maioria dos funcionários de controle de qualidade da ZeniMax, temos o orgulho de anunciar o lançamento de nosso sindicato com a @CWAunion. Somos o primeiro grupo de trabalhadores da Microsoft a se sindicalizar formalmente. Temos o poder de defender a nós mesmos e construir um futuro onde possamos prosperar ao lado da empresa”, diz o tweet.

Como relatado pelo New York Times, funcionários da Bethesda e ZeniMax iniciaram a votação para a formação de um único sindicato da empresa nos Estados Unidos.

publicidade

Segundo a CWA, a Microsoft está seguindo as orientações de se manter neutra em relação à sindicalização. Christopher Shelton, presidente da CWA, parabenizou a empresa por cumprir com o seu compromisso:

“Aplaudimos a Microsoft por permanecer neutra durante esse processo e permitir que os trabalhadores decidam por si mesmos se querem um sindicato”, disse Shelton. “A empresa está cumprindo os compromissos assumidos em seus princípios trabalhistas no início deste ano, enquanto envia uma mensagem contundente à indústria de videogames: o direito de fazer uma escolha livre e justa sobre a representação sindical deve estar nas mãos dos trabalhadores, e não na gestão”.

publicidade

Os trabalhadores serão representados pela CWA, mesmo sindicato que ajudou a Blizzard Albany e a Software Corvo em sua organização sindical. 

Enquanto os trabalhadores das empresas começaram a organizar suas votações, o New York Times relata que funcionários da Activision Blizzard de Albany finalizaram uma votação de 14 a 0 para se juntar ao CWA. 

A Activision Blizzard é outra empresa que deve se juntar às empresas pertencentes a Microsoft caso o acordo de compra seja aprovado pelos órgãos reguladores globalmente.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!