O catálogo da Disney+ tem filmes de ação de sobra. Seu foco está nas aventuras fantásticas, com títulos clássicos da Pixar e dos estúdios Marvel.

Só que dá para explorar, também, histórias um pouco mais sombrias. Ou épicas. Nesta lista, o Olhar Digital traz um pouco de tudo, com filmes de ação para todos os gostos.

publicidade

A Lenda do Tesouro Perdido (2004)

Pôster do filme A Lenda do Tesouro Perdido
“A Lenda do Tesouro Perdido” (2004) está entre os filmes de ação clássicos no estilo “Sessão da Tarde”. Imagem: Divulgação

Este é um clássico no estilo “Sessão da Tarde”. Benjamin Franklin Gates (Nicolas Cage) é um caçador de tesouros obcecado que tenta decifrar enigmas antigos para chegar ao maior tesouro já conhecido pelo homem. Para chegar ao fim desta busca, ele rouba um dos documentos mais sagrados e protegidos dos EUA: a Declaração de Independência. Direção de Jon Turtltaub, com roteiro de Ted Elliot e Lowell Ganz.

Leia mais:

Os Incríveis (2004)

Outro clássico obrigatório para quem curte filmes de ação. Beto Pêra, o Senhor Incrível, e sua mulher Elena, a Mulher Elástico, estavam entre os maiores super-heróis do mundo. Quinze anos depois, eles foram forçados a adotar novas identidades e a mudar-se para o subúrbio, onde vivem como cidadãos comuns com seus três filhos: Violeta, Flecha e Zezé. Louco para voltar à ação, Beto tem sua chance quando uma ligação misteriosa o intima a comparecer a uma ilha distante para receber uma missão ultrassecreta. Ele logo descobre que só uma família de super-heróis consegue impedir a destruição do mundo. Direção de Brab Bird, que também assina o roteiro, com Jason Lee e Sarah Vowell.

Homem de Ferro (2008)

Pôster do filme Homem de Ferro
“Homem de Ferro” (2008) é o primeiro filme do MCU – e um dos melhores até hoje. Imagem: Divulgação

Este marca o começo do MCU (sigla em inglês para Universo Cinematográfico da Marvel). Quando é capturado em território inimigo, o magnata (e gênio) Tony Stark (Robert Downey Jr.) constrói uma armadura para escapar. Depois, desenvolve variações mais avançadas para derrubar o próprio império. E acaba enfrentando um vilão surgido das próprias Indústrias Stark. Com direção de Jon Favreau e roteiro de Art Marcum, Hawk Ostby, Matt Holloway e Mark Fergus.

Avatar (2009)

Pôster do filme Avatar
“Avatar” (2009), de James Cameron, é o filme de maior bilheteria até hoje. Imagem: Divulgação

O clássico de James Cameron – até hoje, filme com maior bilheteria da história do cinema – mostra o Pandora, um planeta extraterrestre parecido com a Terra. É lá onde Jake Sully (Sam Worthington), soldado que ficou paraplégico, embarca no programa Avatar, para explorar o lugar. Ele conhece os Na’Vi, nativos de pele azulada e três metros de altura, e vira parte da comunidade. Quando os humanos marcham contra os nativos para conquistar o planeta, Sully escolhe seu lado na guerra. Além da direção, Cameron assina o roteiro do filme.

O Cavaleiro Solitário (2013)

Pôster do filme O Cavaleiro Solitário
“O Cavaleiro Solitário” (2013) conta um pedaço até então desconhecido da história do herói mascarado e seu parceiro. Imagem: Divulgação

O índio guerreiro Tonto (Johnny Depp) conta a história não conhecida que transformou John Reid (Armie Hammer), um homem da lei, numa lenda da justiça. É uma viagem acelerada com surpresas e humor sobre os dois improváveis heróis que precisam aprender a trabalhar juntos e lutar contra a ganância e corrupção. Com direção de Gore Verbinski (franquia “Piratas do Caribe”) e roteiro de Justin Haythe e Ted Elliott.

Capitão América: Soldado Invernal (2014)

Pôster do filme Capitão América: Soldado Invernal
“Capitão América: Soldado Invernal” (2014) é o primeiro filme dirigido pelos irmãos Russo no MCU. Imagem: Divulgação

Steve Rogers (Chris Evans) vive em Washington, D.C., e tenta se ajustar ao mundo moderno. Mas, quando um colega da S.H.I.E.L.D é atacado, ele se vê preso numa rede de intrigas que ameaça colocar o mundo em risco.

Unindo forças com a Viúva Negra (Scarlett Johansson), o Capitão América luta para expor a grande conspiração enquanto enfrenta assassinos profissionais enviados para silenciá-lo. Quando a dimensão da trama maligna é revelada, o Capitão e a Viúva pedem ajuda a um novo aliado, o Falcão (Anthony Mackie).

Contudo, eles logo se veem enfrentando um inimigo inesperado e sinistro: o Soldado Invernal (Sebastian Stan). É o primeiro filme do MCU dirigido por Anthony e Joe Russo (os irmãos Russo), com roteiro de Christopher Markus e Stephen McFeely. E um dos melhores filmes de ação já feitos.

Malévola (2014)

Pôster do filme Malévola
“Malévola” (2014) conta os eventos que transformaram seu coração em pedra. Imagem: Divulgação

O filme explora a história não revelada da vilã de “A Bela Adormecida”, um clássico da Disney, e os eventos que transformaram seu coração em pedra.

Motivada por vingança e desejo feroz de proteger seu reino, os Moors, Malévola (Angelina Jolie) coloca uma maldição irrevogável na filha recém-nascida do rei dos humanos, Aurora (Elle Fanning). A vilã, porém, percebe que Aurora pode ser a chave para a paz no reino e é forçada a tomar medidas drásticas que mudarão os dois mundos para sempre.

Com direção de Robert Stromberg e roteiro de Linda Woolverton e John Lee Hancock.

Vingadores: Guerra Infinita (2018)

Pôster do filme Vingadores: Guerra Infinita
“Vingadores: Guerra Infinita” (2018) é o começo do fim da Saga do Infinito do MCU. Imagem: Divulgação

É a primeira parte do fim da Saga do Infinito do MCU. Thanos (Josh Brolin) finalmente chega à Terra, disposto a reunir as Joias do Infinito. Para enfrentá-lo, os Vingadores precisam unir forças com os Guardiões da Galáxia e lidar com desavenças entre alguns de seus integrantes.

O filme, que fez história e teve uma das maiores bilheterias já registradas, teve direção dos Russo, com roteiro de Christopher Markus e Jack Kirby. Mais um entre filmes de ação históricos. E é quase impossível não dar play em “Ultimato” (2019) – também disponível no Disney+ – em seguida.

Os Novos Mutantes (2020)

Pôster do filme Os Novos Mutantes
“Os Novos Mutantes” (2020) mistura ação com thriller. Imagem: Divulgação

Este filme coloca ação numa atmosfera thriller. Ambientado num hospital isolado, o longa mostra um grupo de jovens mutantes que está sendo mantido lá para monitoramento psiquiátrico. Quando ocorrências estranhas começam a acontecer, suas novas habilidades mutantes, e suas amizades, serão testadas. Tudo isso enquanto eles lutam para tentar sobreviver. Com direção de Josh Boone e roteiro de Chris Claremont e Lin Wein.

Cruella (2021)

Pôster do filme Cruella
“Cruella” (2021) é outro filme que foca numa vilã de um clássico da Disney. Imagem: Divulgação

Outro filme que foca na vilã de um clássico da Disney. Este mostra a juventude rebelde de Cruella de Vil (Emma Stone), vilã de “101 Dálmatas”. Ambientado em Londres dos anos 1970, em plena revolução do punk rock, o filme acompanha a jovem trapaceira Estella, determinada a alcançar o sucesso no mundo da moda. Ela se torna amiga de uma dupla de ladrões e, um dia, seu talento chama a atenção da baronesa von Hellman (Emma Thompson), lenda da alta-costura chique. O relacionamento tenso leva Estella a abraçar seu lado perverso e se tornar Cruella. Com direção de Craig Gillespie e roteiro de Dana Fox e Tony MacNamara.

Imagem de destaque: Divulgação / Disney+

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!