Não é fácil manter as últimas novidades em segredo na China. Normalmente, as redes sociais locais costumam entregar alguns segredos bem antes da hora. O vazamento mais recente no Weibo, uma espécie de Twitter chinês, são imagens reais do primeiro carro elétrico da Xioami.

Fotos de um protótipo real do modelo, conhecido pelo codinome Xiaomi MS11, foram compartilhadas por um usuário do mircoblog sem pintura camuflada, revelando um pouco mais sobre o visual do carro (que já apareceu disfarçado em testes).

publicidade
Carro elétrico Xiaomi MS11.
É a primeira vez que o veículo aparece sem pintura camuflada. Imagem: Weibo/Reprodução

Leia mais:

Pelas imagens é possível notar que o EV da gigante dos celulares é um sedã. Segundo o Giz China, há uma semelhança com o Seal, da BYD, uma das maiores marcas de carros elétricos do país. Já os faróis se parecem muito com os da McLaren 720S e as lanternas traseiras lembram os carros da Aston Martin.

publicidade
Carro elétrico Xiaomi MS11.
Imagem: Weibo/Reprodução

A unidade que aparece nas fotos vem com teto de vidro panorâmico, rodas grandes com freios Brembo e o tradicional logotipo da Xiaomi no centro dos aros. Logo acima do para-brisa, parece que a fabricante adicionou algum tipo de sensor, provavelmente um LiDAR.

Imagem: Weibo/Reprodução

Motor elétrico feito pela Xiaomi

O Car News China indica que o veículo virá equipado com baterias fornecidas pela CATL e pela própria BYD, já o motor elétrico será desenvolvido pela própria Xiaomi. O nome real do sedã elétrico deve ser ‘Modena’, acrescenta a publicação.

publicidade

Para estrear no mundo automotivo e atrair mais clientes, a marca não arriscou muito no design e deve focar na experiência. O que pode fazer a diferença é o desempenho e demais tecnologias integradas. Devemos saber mais sobre os recursos do carro quando surgirem as primeiras imagens do interior.

O MS11 (ou Modena) será lançado na China já no primeiro trimestre de 2024.

publicidade

Aposta da empresa no mundo automotivo começou em 2021

Vale lembrar que a Xiaomi Automobile, o braço de veículos da empresa, foi fundado em 2021. A meta da gigante chinesa é produzir seus carros sem depender de contratos com terceiros. A construção da sua primeira fábrica começou em meados de 2022 e terá capacidade inicial para produzir 150 mil automóveis por ano.

A Xiaomi também tem outra empresa chamada Xiaomi Automobile Technology, esta dedicada à tecnologia de direção autônoma.

Imagem principal: Weibo/Reprodução

Via: Car News China

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!