A Ford anunciou, nesta sexta-feira (10), a chegada da picape F-150 no Brasil. O modelo é o maior representante de sua categoria dentro do catálogo da empresa, promete rebocar mais de 3,5 toneladas e conta com avançados sistemas de assistência ao volante, beirando o que se espera de tecnologias semi autônomas.

Começando pelo adjetivo correto: a Ford F-150 é gigantesca e isso em praticamente todos os sentidos. Começando pelo motor, ela traz o mesmo Coyote V8 utilizado no Mustang e entrega 405 cavalos de potência, com 56,7 kgf/m de torque, trabalhando junto de câmbio com 10 marchas. O que diferencia a picape do muscle emblemático está na entrega da força em baixas rotações – você vai carregar peso e não disputar corrida em uma pista, certo?

Vídeo relacionado

Leia mais:

Um ponto que ajuda em desempenho e força é a escolha de alumínio para a picape, o que aumenta a resistência de todo o corpo e rigidez torcional, enquanto garante menor peso para trabalhar com o motor. A Ford diz que inserir este material na liga fez o carro perder cerca de 200 quilos.

publicidade
Ford F-150 (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)
Ford F-150 (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)

Um ponto curioso é que a F-150 é o único carro dessa categoria e que utiliza este material, no lugar do aço. Com tudo isso em mente, o tanque de combustível esbanja tamanho e tem 136 litros, suficiente para dar mais de 1 mil km de autonomia com gasolina – sem álcool por aqui e sem planos dele aparecer no futuro.

Olhando para a caçamba, a F-150 pode colocar até 728 quilos de carga no modelo Lariat e 681 kg na Platinum, enquanto ambas comportam 1.370 litros de volume. Para reboque o motor carrega tranquilamente 3.515 quilos

publicidade

Tecnologia de sobra

Por dentro e por fora existe muita tecnologia de ponta e conforto para todos os ocupantes, até para quem fica atrás quando a picape está parada. Ao todo são seis portas USB, sendo três do tipo A e outras três do tipo C, junto de três tomadas 110 volts com capacidade de entregar 400 watts cada – com isso você consegue ligar uma TV 8K, por exemplo.

Ford F-150 (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)
Ford F-150 (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)

O carro tem oito airbags e sistemas de direção assistida, com piloto automático adaptativo do tipo anda e para, alerta de ponto cego que funciona até com reboque acoplado, alerta de colisão frontal com auxílio para virar o volante e fugir do acidente (considerando se há tráfego lateral), frenagem automática, farol e limpadores automáticos, auxílio para manutenção no meio da faixa e câmera 360 graus – com detecção de objetos pequenos na traseira, para evitar qualquer problema.

publicidade

Existe até um assistente que freia o carro se o motorista entrar com a F-150 em um cruzamento e vem outro carro no sentido contrário, o mesmo vale para tráfego cruzado na saída de vagas.

F-150 tem duas telas de 12″

Ford F-150 (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)
Ford F-150 (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)

Tudo isso é visível nas duas telas de 12 polegadas, sendo uma para o motorista e com visual mais largo, enquanto a outra é a central multimídia em formato quadrado. Ela tem suporte para Apple CarPlay e Android Auto sem fio, entrega espelhamento com espaço extra para ajustes sempre visíveis do veículo e tem processador interno duas vezes mais rápido que na geração anterior.

Um modem com chip da Claro e sem custo extra para o motorista está dentro do veículo, enviando dados sobre a localização da F-150 em um estacionamento, alerta quando o alarme tocou e até condição atual do tanque de combustível. Tudo isso chega com ajuda de um app, que também tem o manual de instruções e dicas de uso.

Ford F-150 (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)
Ford F-150 (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)

A versão Lariat tem oito alto-falantes e a Platinum aumenta o número para 18, todos da marca de luxo Bang & Olufsen. Ambas contam com ar-condicionado de três zonas, aquecimento dos bancos e controle deles por sistemas elétricos, que vão para os pedais e volante, com três memórias. O acabamento inteiro é feito em misto de couro com plástico, sem áreas duras e com o câmbio podendo ser rebatido para dar espaço no meio para uma prancheta, por exemplo.

Claro que a picape tem tração nas quatro rodas e conta com diversos modos para lidar em diversas situações. Mesmo assim o túnel central nem aparece, deixando conforto até para quem senta nos bancos traseiros.

Ford F-150 (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)
Ford F-150 (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)

Quando e quanto?

A Ford diz que a pré-venda da F-150 começa no dia 14 de fevereiro para quem já comprou um carro da empresa, ou 16 do mesmo mês para todos. A marca não disse quanto vai custar cada uma das duas versões, que além da quantidade de alto-falantes, mudam apenas no acabamento mais cromado para a Platinum e mais escuro, fosco, na Lariat.

Como a Ford F-150 tem tudo para competir de igual com a RAM 1500 e o modelo concorrente custa cerca de R$ 445 mil, espere a nova picape em valores próximos a este.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!