Realizando sua quarta rodada de demissões, o Twitter dispensou mais de 200 pessoas neste final de semana, segundo informou o jornal The New York Times. Isso representa 10% da força de trabalho da empresa. Os cortes, que seguem a estratégia de corte de custos, atingiram vários setores da companhia, incluindo engenharia e produtos, e não poupou nem a conhecida Esther Crawford, uma das executivas que estava no comando do Twitter Blue, o serviço de assinatura da rede social. 

  • Alguns funcionários souberam da demissão por e-mail, outros quando não conseguiram mais realizar o login na plataforma interna do Twitter; 
  • Ainda não há informações sobre o número exato de demissões, mas fontes disseram inicialmente à Bloomberg que foram dezenas (pelo menos 50); 
  • Depois, o The News York Times falou em 200 pessoas;
  • A informação sobre as demissões foi divulgada por Zoe Schiffer, repórter da Platformer. 

Leia mais! 

publicidade

Depois de Elon Musk, Crawford era um dos rostos mais conhecidos do Twitter. Ela liderou e supervisionou o projeto Twitter Blue, o polêmico serviço de assinatura da plataforma, e também estava responsável pelo Twitter Pagamentos — outro projeto de Musk.

Em novembro do ano passado, após a primeira demissão em massa da companhia, a executiva alvoroçou as redes sociais ao compartilhar uma foto dormindo no chão do escritório do Twitter. “Quando sua equipe está trabalhando sem parar para cumprir prazos, às vezes você dorme onde você trabalha”, escreveu na época. 

publicidade

Além de Crawford, outro funcionário importante também entrou para a nova lista de cortes: o fundador da Revue, Martijn de Kuijper. 

“Acordar e descobrir que meu e-mail foi bloqueado. Parece que fui demitido”, tuitou Kuijper no sábado (25). 

publicidade

Desde que a empresa foi assumida por Musk no ano passado, acredita-se que o Twitter cortou mais de 80% de sua força de trabalho — embora o CEO negue essa porcentagem.

Mais recentemente, dezenas de funcionários dos departamentos de vendas e engenharia foram demitidos. Um dos subordinados diretos de Musk que gerenciava a parte de anúncios da rede social também foi dispensado

publicidade

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!