A cerimônia do Oscar 2023 acontece amanhã, 12 de março, e para seguir no aquecimento pela principal premiação do cinema, trazemos nossas apostas para cada uma das 23 categorias da premiação, desde Melhor Filme, até as categorias técnicas.

Confira abaixo quais filmes, atores, diretores, roteiristas e categorias técnicas acreditamos que levarão as estatuetas para casa. Vale destacar que, logicamente, os palpites abaixo não passam de opiniões, e não refletem a realidade.

publicidade

Leia mais:

Então, confira abaixo as apostas do Olhar Digital para o Oscar 2023:

publicidade

Melhor Filme – Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo

tudo em todo lugar
Imagem: A24

Apesar de muitos favoritos acabarem desbancados no Oscar, não deve ser o caso de Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo. O filme vem em uma crescente e é recordista de indicações e agradou público e críticos

Melhor Direção – Daniel Kwan e Daniel Scheinert (Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo)

Muitas vezes, a categoria de Melhor Filme acaba atrelada à de Melhor Direção. Existem vários casos em que isto não aconteceu mas acredito que, este ano, as coisas tomarão esse rumo com uma vitória de Daniel Kwan e Daniel Scheinert, os Daniels, diretores de Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo. Caso não aconteça, Steven Spielberg pode acabar premiado pelo drama semi-biográfico Os Fabelmans.

publicidade

Melhor Atriz – Michelle Yeoh (Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo)

Esta talvez seja a maior dúvida entre todas as categorias: Michelle Yeoh ou Cate Blanchett? Aqui apostamos no excelente trabalho de Yeoh na ficção científica Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo, mas Blanchett pode muito bem passar à frente e vencer seu terceiro Oscar, pela performance incrível em Tár. Qualquer resultado além destes dois, seria próximo de um absurdo.

Melhor Ator – Brendan Fraser (A Baleia)

globo de ouro
Brendan Fraser em “The Whale”. Imagem: A24

Assim como no caso acima, esta parece uma briga de duas cabeças, entre Brendan Fraser, por A Baleia, e Austin Butler, por Elvis, com Colin Farrell correndo por fora. No entanto, vamos dar o aceno a Fraser por sua atuação brilhante como Charlie no dramático filme que aborda temas como depressão, obesidade e relações humanas.

publicidade

Melhor Atriz Coadjuvante – Kerry Condon (Os Banshees de Inisherin)

Em uma categoria tão disputada, com três atrizes aparecendo fortes na disputa, nossa aposta vem em uma quarta. Apesar de Angela Bassett (Pantera Negra 2), Hong Chau (A Baleia) e Jamie Lee Curtis (Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo) aparecerem disputando o favoritismo, acredito que Kerry Condon tem condições de desbancar todas e levar o Oscar para casa por Os Banshees de Inisherin.

Melhor Ator Coadjuvante – Ke Huy Quan (Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo)

Nossa aposta aqui vai para o favorito absoluto ao prêmio. Ke Huy Quan conquistou o mundo com sua atuação em Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo e deve levar a estatueta do Oscar 2023 para casa, completando uma das histórias mais impressionantes de Hollywood.

Melhor Roteiro Original – Todd Field (Tár)

Outro caso em que vamos contra os favoritismos, a categoria parece muito focada em Tudo em Todo o Lugar… e Os Banshees de Inisherin. Apesar de a vitória de qualquer um dos dois ser muito possível (e provável), apostamos que a Academia pode optar por premiar a visão de Todd Field para a história fictícia de Lydia Tár.

Melhor Roteiro Adaptado – Sarah Polley (Entre Mulheres)

Entre Mulheres é o único filme dirigido por uma mulher que aparece entre os indicados a Melhor Filme, e acreditamos que a Academia optará por premiar o filme nesta categoria, que é mesmo onde ele se destaca.

Melhor Filme de Animação – Pinóquio por Guillermo Del Toro

del toro stop-motion
Imagem: Netflix © 2022

Uma das categorias que parecem mais certas em todo o Oscar é Melhor Animação, com o escolhido quase certamente sendo Pinóquio por Guillermo Del Toro. O filme da Netflix venceu tudo o que disputou até aqui e Del Toro deve se tornar a primeira pessoa a vencer o Oscar nas categorias de Melhor Filme, Melhor Direção e Melhor Animação.

Melhor Filme Internacional – Nada de Novo no Front

Sequência de categorias que simplesmente não tem muito o que pensar. O filme de guerra alemão Nada de Novo no Front quase certamente vencerá a categoria de Melhor Filme Internacional, e deve disputar outras categorias de igual para igual com filmes americanos.

Melhor Documentário de Longa-metragem – Navalny

O documentário Navalny é o mais comentado da lista após vencer o BAFTA e o PGA, e também depois de Dasha Navalnaya, filha do dissidente russo preso retratado no filme, Alexey Navalny, aparecer na CNN americana próximo à votação do Oscar. Outra grande possibilidade é uma vitória de Vulcões: A Tragédia de Katia e Maurice Krafft.

Melhor Documentário de Curta-metragem – Como Cuidar de um Bebê Elefante

Prever o que acontece nas categorias de curta-metragem é sempre muito complicado, mas desta vez vamos com Como Cuidar de um Bebê Elefante, documentário da Netflix sobre um casal do sul da Índia que se dedica a cuidar de um bebê elefante órfão.

Melhor Curta-metragem em Live Action – The Red Suitcase

Como mencionado acima, é sempre difícil prever o que acontecerá entre curtas-metragens, mas aqui vamos apostar no filme The Red Suitcase, que acompanha uma jovem iraniana de 16 anos. Outra forte possibilidade é uma vitória de An Irish Goodbye, o único em língua inglesa da lista.

Melhor Curta-metragem de Animação – O Menino, a Toupeira, a Raposa e o Cavalo

A categoria de curta de animação parece dividida entre O Menino, a Toupeira, a Raposa e o Cavalo, da Apple TV+, e My Year of Dicks, curta provocativo de Sara Gunnarsdóttir. Apesar de o segundo ter muitos apoiadores e ter muitas chances de vencer, vamos com o primeiro, que foi o vencedor do BAFTA.

Melhor Trilha Sonora Original – John Williams (Os Fabelmans)

Uma das categorias mais disputadas do ano, teve prêmios muito divididos até o momento. Enquanto o BAFTA elegeu Nada de Novo no Front, o Globo de Ouro optou por Babilônia, e aqui vamos fazer uma terceira aposta: o veterano John Williams, por Os Fabelmans. Além dos três citados, outro veterano, Carter Burwell, também tem muitas chances de vencer por Os Banshees de Inisherin.

Melhor Canção Original Naatu Naatu (RRR)

Apesar de Rihanna ter ajudado as chances de “Lift Me Up”, de Pantera Negra 2, com sua performance no Super Bowl, a favorita continua a ser Naatu Naatu do filme RRR (Revolta, Rebelião, Revolução) e é nesta canção que vai nossa aposta.

Melhor Som – Top Gun: Maverick

top gun maverick bilheteria franquia
Imagem: Divulgação/Paramount Pictures

O filme com Tom Cruise que trouxe de volta a “franquia” Top Gun após décadas se destaca muito pelo som, e esta parece uma aposta segura e condizente com o que o Oscar costuma premiar.

Melhor Fotografia – Nada de Novo no Front

Vencedor do BAFTA, Nada de Novo no Front parece ser o favorito na categoria, e isto é bastante merecido. Por sinal, explicamos aqui o que significa o prêmio de Melhor Fotografia. Com o destaque do filme nesta categoria, vamos seguir com o vencedor do BAFTA, apesar de Elvis ter chances de desbancá-lo.

Melhores Efeitos Visuais – Avatar: O Caminho da Água

Apesar de todos os indicados serem competentes quando o assunto são Efeitos Visuais, simplesmente não há como não apostar em Avatar 2 aqui.

Melhor Figurino – Pantera Negra: Wakanda Para Sempre

Esta parece uma briga apertada entre Ruth E. Carter de Pantera Negra 2 e Catherine Martin de Elvis. Apesar de Elvis aparecer como levemente favorito, vamos optar pelos figurinos do novo Pantera Negra, que também venceu pelo primeiro.

Melhor Edição – Top Gun: Maverick

Apesar de Elvis, com Matt Villa e Jonathan Redmond, ter grandes chances de vitória, e Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo, com edição assinada por Paul Rogers, parecer uma possibilidade forte, vamos apostar que a edição de Eddie Hamilton de Top Gun: Maverick fará dobradinha com Melhor Som.

Melhor Maquiagem e Penteados – Elvis

Vamos com o vencedor da categoria no BAFTA e no Critics’ Choice, Elvis, com Maquiagem e Penteados assinados por Mark Coulier, Jason Baird e Aldo Signoretti. A Baleia também tem muitas chances, pela transformação de Brendan Fraser.

Melhor Design de Produção – Babilônia

O design de produção de Babilônia, assinado por Florencia Martin e Anthony Carlino, venceu o que disputou, e apostamos que o Oscar entrará nesta lista.


A cerimônia do Oscar 2023 acontece neste domingo, 12 de março, e você pode conferir aqui como assistir à premiação. Além disso, se você ainda quer fazer um aquecimento assistindo a filmes indicados, pode ver aqui onde assistir a cada um dos longas da premiação.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!