Nadando contra a maré das big techs, o Mercado Livre anunciou que irá realizar dezenas de milhares de contratações na América Latina ainda este ano.

Serão 13 mil novos postos de trabalho, que irão aumentar o número total de funcionários para 53 mil. Os países com mais oportunidades de emprego são Brasil e México com 5.800 e 5.350 vagas, respectivamente.

publicidade

Leia mais:

As informações foram divulgadas pelo diretor de Recursos Humanos do Mercado Livre, Sebastian Fernandez Silva, em entrevista à Bloomberg.

publicidade

Somos muito cuidadosos com nossas decisões de negócios e, se pensássemos que existe o risco de contratar demais, não o faríamos. Em todos os meus 19 anos no MercadoLibre (nome original da empresa Argentina), nunca reduzimos o tamanho.

O maior número de vagas será destinado ao setor de logística para classificação e envio de pacotes para Brasil e México.

“É muito importante para nós ter uma rede logística mais forte e robusta que permita entregas mais rápidas e baratas para os usuários”, disse o diretor de RH.

publicidade

Vagas disponibilizadas por setor:

  • 11 mil em logística
  • 1.700 em tecnologia
  • 600 em outras equipes e divisões de negócios

Países em que o Mercado Livre contratará:

publicidade
  • Brasil – 5.800
  • México – 5.350
  • Argentina – 800
  • Chile – 600
  • Colômbia – 600
  • Uruguai – 150

Mercado Livre fará investimento multibilionário no Brasil em 2023

Em março, a empresa argentina anunciou um que planeja investir R$19 bilhões em suas operações no Brasil, focando justamente no setor de logística.

A intenção do Mercado Livre é aumentar a capacidade de transporte no país, abrindo novos centros de distribuição de encomendas e aumentando a frota de aviões.

Outra meta é atender mais cidades brasileiras e expandir a cobertura de entregas feitas com o prazo de um dia.

Com informações de Bloomberg.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!