A nova extensão do Apple Music focada em música clássica já está disponível na Play Store, loja de apps do Android. O Apple Music Classical foi lançado mundialmente em 28 de março desse ano, de forma gratuita para assinantes da plataforma de música.

O novo aplicativo é, na verdade, versão atualizada do streaming Primephonic – comprado pela Apple. Na nova versão, estão disponíveis somente conteúdos clássicos, como orquestras, maestros, músicos e outras vertentes do gênero.

publicidade

Leia mais:

Conforme prometido desde o início, o aplicativo foi disponibilizado para usuários Android nesta terça-feira (30), de forma paga. Para acessá-lo gratuitamente, é necessário ter assinatura no Apple Music ou Apple One associada.

  • O aplicativo funciona de forma parecida aos streamings do mesmo segmento;
  • É necessário ter acesso à internet para acessar o conteúdo e usufruir dos recursos da plataforma;
  • O aplicativo oferece a tecnologia Loseless Audio da própria Apple; ela serve como suporte sonoro para evitar perdas de áudio durante a transmissão – com 24 bits e 192 kHz em toda a plataforma.

A plataforma foi lançada com catálogo que inclui mais de cinco milhões de faixas e milhares de álbuns exclusivos, mas, assim como os demais aplicativos de música, estará em expansão com os novos lançamentos e remasterizados.

Ao que tudo indica, o foco principal da Apple é distribuir o serviço para todas as lojas de aplicativos de smartphones antes mesmo de disponibilizar para as suas próprias linhas de aparelhos, como os iPads e Macs, – que ainda não são compatíveis com o Apple Music Classical.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!