Mark Zuckerberg, CEO da Meta assistiu à introdução do Vision Pro da Apple na última segunda-feira (5), mas não ficou impressionado com o produto.

Em reunião de toda a empresa, Zuckerberg disse que o Vision Pro não apresentou grandes avanços tecnológicos que a Meta “já não havia explorado”, conforme relatou o The Verge que assistiu ao discurso completo.

publicidade

Leia mais:

O CEO também chamou atenção para o preço do Vision Pro que custará US$3.499, sete vezes mais caro que o Quest 3, o próximo headset de realidade virtual da Meta.

publicidade

Acho que o anúncio deles realmente mostra a diferença nos valores e na visão que nossas empresas trazem para isso de uma forma que considero realmente importante.

Mark Zuckerberg aos funcionários reunidos na sede da empresa em Menlo Park.

Zuckerberg considera que há uma grande diferença na visão sobre realidade virtual das empresas. Para ele, o Quest é sobre as “pessoas interagindo de novas maneiras e se sentindo mais próximas” enquanto na demonstração da Apple, ele viu apenas uma “pessoa sentada no sofá sozinha”.

Mais importante, nossa visão do metaverso e da presença é fundamentalmente social. É sobre pessoas interagindo de novas maneiras e se sentindo mais próximas de novas maneiras. Nosso dispositivo também é sobre ser ativo e fazer coisas. Por outro lado, cada demonstração que eles mostravam era uma pessoa sentada sozinha em um sofá. Quero dizer, essa pode ser a visão do futuro da computação, mas tipo, não é o que eu quero.

Mark Zuckerberg.

Meta anuncia Quest 3

Na semana passada, a Meta anunciou o Quest 3, seu novo óculos de realidade virtual com algumas novidades em relação aos modelos anteriores:

publicidade
  • A terceira geração do Meta Quest, chamado oficialmente de Quest 3, é equipada com um processador Snapdragon que promete desempenho gráfico 2x superior ao anterior, além de resolução maior;
  • O modelo padrão vem com 128 GB de armazenamento interno, mas a empresa promete versões com mais espaço para apps e jogos;
  • O design, segundo a Meta, é “40% mais fino” do que o anterior. O dispositivo também é mais leve e confortável, de acordo com a empresa;
  • O Meta Quest 3 é retrocompatível com títulos dos modelos anteriores.

Com informações de The Verge.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!