A Philips anunciou o lançamento de uma tela de 25 polegadas focada em estabelecimentos comerciais, mas que não gasta energia para exibir imagens estáticas coloridas. Com nome de Tableaux, o produto segue exatamente a mesma ideia de display do Kindle, mas com capacidade de exibir cores para além da escala de cinza utilizada no leitor de livros da Amazon.

Leia mais:

publicidade

O que você precisa saber:

  • O Tableaux é uma tela com 25 polegadas com Android 11 por baixo e que foi criada para ser papel de lojas
  • Assim como papel, o display não consome qualquer energia para continuar exibindo o conteúdo carregado anteriormente
  • A ideia de imagens estáticas é tão forte que o sistema operacional precisa de 36 segundos para formar outra figura – uma TV convencional precisa de cerca de 0,03 segundos para a mesma tarefa
  • O produto tem Wi-Fi, espaço para bateria, saída de som e entrada para microSD e USB tradicional

Imagine que você tem uma tela em algum lugar importante, mas que ela não precisa de energia para exibir o conteúdo. Essa é a ideia da Tableaux, que utiliza tela com tinta magnética (e-ink) nos moldes do Kindle. A diferença entre as duas propostas é que a da Philips mostra até 60 mil cores diferentes no display.

Olhando para as especificações, a tela é, na verdade, um tablet com enormes proporções e que roda o Android 11 por baixo. Mesmo com uma versão bem desatualizada do sistema operacional móvel do Google (estamos testando o Android 14 agora e o 13 já está no mercado desde o ano passado), a proposta deste produto é bem direcionada: exibir imagem sem gastar energia.

publicidade

Tableaux é quase um Kindle enorme da Philips

Vou explicar: assim como o Kindle, a tela colorida do Tableaux só precisa de energia quando altera as propriedades magnéticas para alinhar os pigmentos da tinta. Depois tudo fica fixo e o sistema não utiliza mais qualquer elétron para que o conteúdo fique firme e parado. Eletricidade só é utilizada novamente para gerar outra figura.

Tela Tableaux (Imagem: divulgação/Philips)
Tela Tableaux (Imagem: divulgação/Philips)

O objetivo deste display é realmente estar em ambientes que querem trocar papel por algo mais tecnológico, pois para mudar a imagem da tela e-ink o usuário precisa esperar cerca de 36 segundos – as TVs convencionais trocam a imagem da tela em cerca de 30 milissegundos, ou 0,03 segundo.

publicidade

Com isso a loja, restaurante ou comércio só precisa plugar o tablet de 25 polegadas na tomada quando quiser trocar a informação, como preço ou estoque de um produto. A Philips diz que o visual da tela é muito parecido com o mesmo entregue pelo Kindle, ou seja: você jura que vê papel, não uma tela.

Assim como o papel, basta ter alguma luz apontada para o display para que o conteúdo esteja plenamente visível e essa iluminação pode ser a natural do dia mesmo, ou uma lâmpada já presente no local.

publicidade

A imagem pode ter resolução de 3.200 x 1.800 pixels, o painel de 25 polegadas utiliza proporção de 16:9, tem entrada microSD, microUSB e USB tradicional, além de conexão Wi-Fi de 2,4 e 5 GHz, porta para rede cabeada e alto-falante para reproduzir sons. Vale lembrar que apenas a exibição da imagem não consome energia, mas todo o restante do sistema precisa de eletricidade – mas, se a ideia é apenas ter um “papel digital”, é só carregar o conteúdo e tirar o tablet da tomada.

Existe a possibilidade de inserir bateria de 2.600 mAh, caso a ideia de ter uma tela sem fios e completamente independente de tomada seja realmente necessária. Como estamos falando de um produto voltado para estabelecimentos comerciais, a Philips não divulga quanto custa o Tableaux.

Com informações: Gizmochina.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!