Ao que tudo indica, o novo, misterioso e muito esperado primeiro veículo elétrico da Xiaomi já pode ter um preço oficial para o lançamento. De acordo com o Gizmochina, a FAW Fuwei Automotive, fornecedora envolvida no projeto, acabou soltando informações sobre o EV, afirmando que o valor final está definido. 

Para quem tem pressa: 

Vídeo relacionado

  • A FAW Fuwei Automotive Parts teria liberado documentos indicando ser uma das fornecedoras de peças para a Xiaomi e que o primeiro carro da chinesa deve custar 149 mil yuans (aproximadamente R$ 99 mil na cotação atual); 
  • No entanto, Wang Hua, chefe de relações públicas da Xiaomi, negou o valor posteriormente — o documento vazado pela fornecedora também foi apagado; 
  • Essa não é a primeira vez que um parceiro da Xiaomi vaza informações. No início deste ano, a empresa multou a BAIC por liberar imagens do design do chamado Xiaomi MS11 — veja aqui

Leia mais! 

Ainda com poucos detalhes, o Xiaomi MS11 pode ser lançado ainda este ano, com as primeiras unidades sendo entregues a partir do primeiro semestre de 2024 — quando a produção em massa deve começar. O EV foi visto em janeiro rodando pelas ruas da China enquanto realizava testes. 

publicidade

Com a movimentação e rumores sobre o EV, em maio, Lu Weibing, sócio e presidente da Xiaomi, acrescentou que o projeto estava progredindo sem problemas e que havia entrado em um estágio de desenvolvimento acelerado — o que sugeriu que a previsão de lançamento deverá ser seguida. 

A partir das imagens vazadas este ano, foi possível notar que o Xiaomi MS11 deve ser um sedã elétrico com visual esportivo similar ao BYD Seal, mas servindo como um rival direto do Tesla Model 3. 

publicidade

Lei Jun, CEO executivo da empresa asiática, já sinalizou que o objetivo da Xiaomi para o mercado automotivo está no lucro com o software. Os planos podem colocar a marca em um mercado já muito explorado por outras companhias, como a Tesla. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!