A operadora de satélites SES anunciou uma parceria com a Starlink, de Elon Musk, para oferecer conectividade a bordo de cruzeiros. Juntas, as empresas vão disponibilizar planos de banda larga com satélites de baixa e média órbita, que vão de 1,5 a 3 Gpbs por embarcação.

Leia mais:

A parceria entre a SES e a Starlink, um projeto da SpaceX, do bilionário Elon Musk, foi batizada de SES Cruise mPOWERED + Starlink.

Será possível assinar pacotes de banda larga de satélites de baixa órbita (LEO), propriedade da SpaceX, ou de média órbita (MEO), da SES. As companhias das embarcações poderão escolher entre a oferta de 1,5 Gbps ou de 3 Gbps.

publicidade

A SES fará a comercialização para as empresas interessadas. Os planos estarão disponíveis no quarto trimestre deste ano.

Satélites da Starlink da SpaceX
Satélites de baixa órbita da Starlink se unirão à frota de média órbita da SES (Imagem: Albert89/Shutterstock)

Banda larga em cruzeiros

  • Segundo o comunicado da SES, os investimentos no setor de cruzeiros cresceram após a pandemia de Covid e, com uma infraestrutura de serviços a bordo, as embarcações precisam da conectividade adequada.
  • É aí que entra a parceria. A frota das duas empresas juntas contará com 11 satélites.
  • Na prática, ambas empresas esperam aumentar seu poderio tecnológico e de negociação, bem como sua presença no mercado.
  • Em troca, os cruzeiros terão banda larga de ponta e poderão aumentar sua infraestrutura de serviços para atrair clientes e turistas.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!