A Adobe lançou na terça-feira (10) novos recursos de geração de imagens em seu mais recente esforço para competir com startups que desafiam seu negócio principal: o de Photoshop. A geração de ferramentas incluirá agora o chamado “Generative Match”, que promete não apenas gerar imagens a partir de textos, mas usar outras fotos como base para criar imagens para todo tipo de necessidade. 

O que você precisa saber: 

publicidade
  • A nova tecnologia de geração de imagens da Adobe permitirá que usuários carreguem de 10 a 20 fotos para usar como base para gerar novas imagens para sites, campanhas, anúncios, etc.; 
  • A companhia garante a seus clientes que as imagens geradas estarão protegidas de contestações legais; 
  • Firefly, como é chamada sua ferramenta de inteligência artificial para geração de imagens, foi liberada em junho para grandes clientes empresariais como parte do Adobe Express; 
  • Segundo a Adobe, esses clientes usaram as ferramentas para gerar três bilhões de imagens, um bilhão delas somente no último mês. 

Leia mais! 

À Reuters, Ely Greenfield, diretor de tecnologia para mídia digital da Adobe, disse que a ideia é que grandes marcas carreguem um punhado de fotos de um produto ou personagem e, em seguida, usem tecnologia generativa para criar automaticamente centenas ou milhares de imagens para diversas necessidades, como sites, mídias sociais, campanhas e anúncios impressos. 

publicidade

Até alguns meses atrás, obter todas aquelas fotos ainda era um processo muito manual — não apenas para tirar as fotos, mas também para processá-las.  

Ely Greenfield, diretor de tecnologia para mídia digital da Adobe. 

O lançamento de mais recursos do Firefly é uma resposta agressiva contra rivais como Midjourney e Stable Diffusion, que com suas versões de gerador de imagens ameaçaram a base de clientes de profissionais criativos da Adobe. Em reação, a empresa desenvolveu sua própria versão da tecnologia e a adicionou nos seus programas de software. 

Uma parte da fotografia vai passar para a fotografia virtual, onde se gera a partir do zero. Mas uma grande parte também vai ser feita de forma tradicional, de fotografia tradicional ou de trabalho criativo tradicional, e depois faz-se uma série de adaptações utilizando esta tecnologia generativa. 

A Adobe também lançou em conjunto com o Generative Match ferramentas que geram gráficos vetoriais, comumente usados para logotipos e rótulos de produtos, bem como ferramentas para gerar modelos para folhetos e outros itens. 

publicidade

Segundo Greenfield, mesmo com a chegada dos novos recursos os preços permanecerão os mesmos, conforme os aumentos já divulgados em setembro.