O mercado de automóveis dos Estados Unidos enfrentou grandes mudanças durante o primeiro semestre de 2023. Nesse período, os valores os veículos elétricos (EVs) reduziram consideravelmente, e as vendas ultrapassaram os novos modelos.

“As vendas de veículos elétricos usados, como segmento, agora superam as vendas de todos os novos modelos de veículos elétricos, além do Tesla Modelo Y e 3”, disse Recurrent em sua última análise da situação. Além disso, “o mercado de veículos elétricos usados ​​está mais acessível do que nunca nos últimos 2,5 anos, enquanto o mix de veículos favorece modelos mais novos e de maior autonomia do que nunca”.

Leia mais:

O levantamento

  • O novo relatório da Recurrent, startup de dados e saúde da bateria, apontou que 140 mil EVs usados ​​foram vendidos nos EUA durante o primeiro semestre;
  • Segundo o Inside EVs, essa soma é mais do que a venda dos novos Tesla Model 3 no mesmo período – na qual foram vendidos cerca de 200.520 unidades;
  • Outros modelos novos também apresentaram bom desempenho nesse período, como Chevrolet Bolt com 33.659 unidades, Rivian R1T com 16.452 unidades e o Volkswagen ID.4 com 16.448 unidades.

publicidade
Imagem: Recurrent

Principais fatores relacionados

Diversos fatores contribuíram para o aumento da venda de EVs usados, como o inventário que ​​triplicou nos últimos três anos, indo de 11 mil veículos em abril de 2021 para mais de 33 mil atualmente. Além disso, a porcentagem de EVs puros neste inventário cresceu de 55% em 2021 para 73% – sem contar com os modelos híbridos plug-in. 

“Apesar dos obstáculos decorrentes da escassez de semicondutores, das greves e dos ventos políticos contrários, o mercado de veículos elétricos dos EUA está crescendo e se estreitando mercado de automóveis convencionais. Os preços dos novos veículos elétricos ainda estão acima dos do mercado global, mas são agora apenas 14% mais elevados, em média”, afirma a Recurrent.