Esses são alguns destaques da edição desta quarta-feira (15):

Olhar do Amanhã: empresa promete um “Estado soberano” de IA

Um data center flutuante contendo milhares de processadores Nvidia levantou questões sobre se a prática poderia resultar na criação de estados soberanos de Inteligência Artificial no futuro. Estamos falando do BlueSea Frontier Compute Cluster, criado pela empresa norte-americana Del Complex, que carrega 500 milhões de dólares em equipamentos. A ideia por trás do projeto aponta para a eventual criação de “Estados-nação soberanos” dedicados ao desenvolvimento da IA. Segundo a empresa, a embarcação poderia operar em águas internacionais e, portanto, estaria potencialmente isenta das regulamentações internacionais do setor, que estão em discussão em todo o mundo.

publicidade

SpaceX: segundo voo da Starship pode decolar esta semana

A SpaceX lançou seu primeiro voo da Starship em 20 de abril, mas o foguete sofreu falha na separação de estágio e outros problemas. Como resultado, a empresa optou por detonar intencionalmente o foguete sobre o Golfo do México minutos após a decolagem. O próximo lançamento de teste da Starship, o megafoguete reutilizável da SpaceX, pode decolar nesta sexta-feira, 17 de novembro. Segundo a empresa, o lançamento só depende de aprovação regulatória para prosseguir. Se der tudo certo, o voo deve começar por volta das 10 horas da manhã pelo horário de Brasília. Para falar mais sobre o assunto, recebemos o Marcelo Zurita, astrônomo e colunista do Olhar Digital.

As fotos mais impressionantes que James Webb tirou em 2023

De acordo com a Nasa, o Telescópio Espacial James Webb (James Webb Space Telescope, ou JWST) é o maior e mais poderoso telescópio espacial já construído. Ele é capaz até mesmo de capturar imagens de algumas das primeiras galáxias já formadas. Esse telescópio foi lançado em 25 de dezembro de 2021 com o objetivo de estudar cada fase da história do nosso Universo, desde os primeiros movimentos após o Big Bang, passando pela formação de sistemas solares, até a evolução do nosso próprio Sistema Solar.

Estudo faz descoberta incrível sobre a comunicação dos elefantes

Um estudo publicado no servidor de pré-impressão BioRxiv indica que os elefantes são capazes de atribuírem nomes para seus semelhantes. Mas, calma, não fique imaginando que algum animal se chama Dumbo ou coisa parecida. Na verdade, os pesquisadores descobriram que eles se referenciam entre si com sons baixos e estrondosos.

A supernova que quase mudou tudo na Terra

Supernovas estão entre as explosões mais poderosas do Universo e seus efeitos podem ser sentidos mesmo muito distante do local onde o evento ocorre. Em 2022, parte da camada de ozônio da Terra foi desativada por alguns minutos justamente por causa da ação de uma supernova. A explosão ocorreu em 9 de outubro do ano passado e foi registrada por telescópios espaciais. No caso, essa não foi qualquer supernova, e foi considerada por muitos astrônomos como a mais brilhante de todos os tempos. Agora, uma pesquisa divulgada na Revista Nature Communications, com participação de cientistas italianos e chineses de diversas instituições, descobriu que o evento ocorrido a quase 2 bilhões de anos-luz de distância da Terra teve impacto na nossa camada de ozônio.

O Olhar Digital News é exibido de segunda a sexta em nossas redes. Acompanhe!