Demitido do cargo de CEO da OpenAI na sexta-feira (17), Sam Altman pode retornar ao comando da empresa. É isso o que diz o site The Verge, citando discussões internas da direção da companhia responsável pelo ChatGPT.

Alguns dos diretores acreditam que Altman estaria disposto a aceitar retornar ao cargo, mas apenas com mudanças significativas na empresa.

publicidade

Leia mais! 

A demissão inesperada de Altman não foi bem recebida por outros executivos da OpenAI. Greg Brockman, antigo presidente do conselho, anunciou a sua saída horas após a remoção de Altman do cargo de CEO. Diversos outros funcionários do alto escalão também pediram demissão já na noite da sexta-feira.

publicidade

Segundo o The Verge, as conversas para o retorno de Altman indicam que a OpenAI estaria sem rumo sem o executivo no comando.

Até o momento, os motivos que levaram à demissão de Sam Altman são desconhecidos. O anúncio oficial da OpenAI cita falta de confiança na capacidade do executivo de seguir liderando a empresa, além de dizer que Altman “não era sincero nas suas comunicações”.

publicidade

Desde que o ChatGPT explodiu em popularidade, Altman se tornou o principal porta-voz e a imagem da empresa. A saída dele representaria uma incerteza no futuro da OpenAI e das tecnologias de inteligência artificial que vem sendo desenvolvidas.

Investidores da OpenAI não teriam recebido com antecedência a notícia da saída de Altman, o que poderia estar por trás do possível retorno dele. Apesar disso, a Microsoft, uma das principais parcerias da empresa, disse “seguir comprometida” com os trabalhos conjuntos que vem sendi feitos.