O SUV caiu no gosto dos brasileiros e já responde por um dos segmentos mais concorridos do mercado automotivo nacional. Um dos modelos que chegou a ganhar terreno em 2021, mas acabou perdendo espaço nos últimos anos foi o C4 Catus da Citroën.

O modelo da marca francesa é um SUV compacto que vendeu pouco mais de 3.100 unidades em 2023. Apesar da baixa popularidade, o C4 Cactus carrega uma marca importante entre os utilitários: se trata do modelo mais rápido da categoria vendido no Brasil.

publicidade

Leia mais:

Como é o Citroën C4 Catus

  • O modelo compacto fica no meio do caminho entre um SUV e um hatchback, assim como o Nivus da Volkswagen e o Pulse da Fiat.
  • A versão topo de linha (Shine) vem equipado com motor 1.6 THP de 173 cavalos, cerca de 24 kgfm de torque e câmbio automático de seis marchas. 
  • Como é menor e mais leve que os concorrentes, o resultado é uma aceleração de 0 a 100 km/h em 7,3 segundos — mais veloz que os 7,6 segundos do “turbinado” Fiat Pulse Abarth e bem abaixo da média de 8 segundos ou mais de outros modelos do mesmo segmento.
Citroën C4 Cactus 2024
Citroën C4 Cactus 2024. Imagem: Divulgação/Citroën
O interior do SUV Citroën C4 Cactus 2024.
O interior do Citroën C4 Cactus. Imagem: Divulgação/Citroën

Quanto custa?

O C4 Cactus ‘Shine’ tem preço sugerido de R$ 140 mil, uma faixa de preço até baixa na categoria. Mas há alguns pontos em que o modelo pode ficar devendo. Não há entrada USB tipo C, por exemplo, nem teto solar e recursos de assistência ao motorista oferecidos em outros SUVs.