A SpaceX lançou a USSF-124 – missão misteriosa voltada à segurança nacional dos Estados Unidos – na quarta-feira (14). O lançamento do foguete Falcon 9, realizado às 19h30 (no horário de Brasília) a partir da Estação da Força Espacial em Cabo Canaveral (Flórida), foi impecável.

Para quem tem pressa:

  • A SpaceX lançou a missão USSF-124 para a segurança nacional dos EUA na quarta-feira (14) a partir de Cabo Canaveral, na Flórida, com  pouso vertical bem-sucedido do primeiro estágio do foguete Falcon 9 oito minutos após a decolagem;
  • Pouco se sabe sobre a missão além do envio de seis satélites ao espaço, incluindo dois para a Agência de Defesa de Mísseis e quatro para a Agência de Desenvolvimento Espacial dos EUA. A Força Espacial do país manteve os detalhes sob sigilo;
  • A missão é destacada pela Força Espacial como um passo importante para reforçar as capacidades de segurança nacional e a estabilidade global exercidas pelos EUA, enfatizando a dissuasão contra ameaças crescentes;
  • A USSF-124 ocorreu num período movimentado para a SpaceX, que também lançou um módulo robótico rumo ao polo sul da Lua numa missão chamada IM-1. É a primeira tentativa de pouso lunar da empresa Intuitive Machines, com o apoio da NASA.

O primeiro estágio do foguete retornou à Terra para um pouso vertical no Cabo Canaveral, cerca de oito minutos após a decolagem. A transmissão ao vivo do lançamento da SpaceX foi encerrada logo em seguida, a pedido da Força Espacial dos EUA. Este foi o 272º pouso de um foguete de classe orbital da SpaceX.

publicidade

Leia mais:

Missão ‘misteriosa’ lançada pela SpaceX

A missão de quarta foi o sétimo lançamento e pouso deste impulsionador específico, de acordo com a descrição da missão publicada pela SpaceX. E, até o momento, não se sabe muito sobre a missão USSF-124. A Força Espacial manteve silêncio sobre ela até quarta, quando informou que a missão estava pronta para decolar. 

publicidade

O comunicado revelou que a USSF-124 enviará seis satélites para a órbita – dois para a Agência de Defesa de Mísseis e quatro para a Agência de Desenvolvimento Espacial. Mas não detalhou as espaçonaves nem suas funções orbitais previstas.

A cada lançamento de segurança nacional, continuamos a fortalecer as capacidades dos EUA e sua dissuasão diante das crescentes ameaças, enquanto adicionamos estabilidade a um mundo muito dinâmico. É o que fazemos na Força Espacial, e levamos essa responsabilidade a sério.

Coronel Jim Horne, líder sênior de material para o Comando de Sistemas Espaciais da Força Espacial, em comunicado

Cronograma cheio

A USSF-124 fez parte de um período muito movimentado na exploração espacial. Além da missão para a Força Espacial, a SpaceX lançou, na madrugada desta quinta-feira (15), um módulo robótico rumo ao polo sul da Lua. 

publicidade

A missão, chamada de IM-1, é a primeira tentativa de pouso lunar da empresa estadunidense Intuitive Machines e conta com o apoio da NASA. Partindo do Centro Espacial Kennedy da agência espacial dos EUA, na Flórida, o foguete Falcon 9 decolou com sucesso e todas as etapas do procedimento ocorreram dentro do planejado. 

A previsão é que o módulo lunar chegue à Lua em 22 de fevereiro. Se o pouso acontecer, a missão será a primeira a levar uma sonda de uma empresa privada à região. E marcará o retorno dos EUA ao satélite natural após mais de 50 anos.