A Apple Music lançou esta semana uma versão mensal do Replay, serviço do streaming que permite aos usuários conferir histórico referente às suas reproduções. Segundo informações do Engadget, a lista de reprodução anual ainda estará disponível, mas a nova opção oferecerá dados mais pontuais — e acabando logo com a curiosidade sobre seus sons, gêneros ou artistas mais ouvidos. 

O que você precisa saber: 

publicidade
  • Para conferir as informações mensais do Replay, basta acessar o site oficial do recurso (aqui) e fazer login com o mesmo ID Apple que você usa para o Apple Music; 
  • Você poderá ver suas principais músicas, álbuns e artistas, bem como seus marcos pessoais de cada mês; 
  • A Apple também arquivará essas estatísticas, para que você possa revisá-las mais tarde — inclusive daqui a alguns anos; 
  • O relatório Replay anual, como de costume, deve ser disponibilizado apenas no final do ano, quando todos os dados mensais forem contabilizados. 

Leia mais! 

Além das músicas mais ouvidas do mês, o Replay também separará um Top 5 de cada categoria, destacando cada som, álbuns, gêneros e artistas mais acessados no período. Ao tocar em “ver todos os marcos”, também será possível visualizar esses dados mais detalhadamente, com as datas em que cada recorde foi atingido. 

publicidade
Imagem: Apple

A experiência se próxima do que é visto no Spotify, já que trará o compilado de fim do ano no modo “surpresa”. Contudo, vale lembrar que, diferente do Apple Music, o streaming rival ainda não oferece uma opção compilada mensal, então, para alguns, os resultados anuais do Replay podem não ser tão surpresa assim. 

Replay 2023

No Replay 2023, o Apple Music anunciou Taylor Swift como Artista do Ano, com 65 de suas músicas alcançando o topo da lista Global Daily Top 100 da Apple Music, mais do que qualquer outro artista. Além disso, ela foi a artista mais reproduzida na plataforma, estabelecendo recorde de maior número de ouvintes em único ano. Relembre aqui outras tendências do ano!