O regulador de mercado da China anunciou nesta sexta-feira (23) que instou a Tesla a realizar um recall de 8.700 veículos elétricos. Segundo informações da Reuters, medida vem para que os EVs da montadora de Elon Musk se adequem melhor às regras do país, além de reduzir as chances de acidentes. 

O que você precisa saber: 

Vídeo relacionado

  • A ação envolve 1.071 Model S e Model X importados e 7.629 Model 3 produzidos na China; 
  • O recall irá focar em “consertar o software” dos modelos, reduzindo as chances de acidentes; 
  • A orientação foi descrita como um recall de produto sob as regulamentações chinesas; 
  • Não ficou claro se os motoristas precisarão devolver os veículos à Tesla para reembolso. 

Leia mais! 

De acordo com o regulador chinês, os EVs da Tesla têm apresentado problemas de comunicação no circuito integrado de câmera traseira devido problemas de software, deixando os veículos instáveis. O campo de visão do motorista estaria, portanto, sendo afetado durante a marcha a ré, aumentando o risco de colisão e representando riscos à segurança. 

publicidade

A Tesla não comentou o caso, mas deve seguir com a orientação do regulador da China. 

Acidente entre Teslas 

Não faz muito tempo, um vídeo bem curioso envolvendo vários Teslas ao mesmo tempo em um acidente circulou na internet. 

publicidade

Nas imagens, gravadas nos EUA, dois Model Y, um Model 3 e um Model S teriam se engavetado em uma autoestrada na Califórnia. Um dos carros não teria conseguido frear a tempo de não colidir com o outro. Não há informações sobre se a direção autônoma do EV estava ativada. Apesar do susto, ninguém ficou ferido. Confira o vídeo