Vários conteúdos do TikTok que usam músicas de propriedade da Universal Music Publishing Group (UMPG) começaram a ser removidos do aplicativo de vídeos curtos. O motivo é a falta de acordo entre a rede social e a gravadora, até o momento, para uso das canções de maneira licenciada. As informações são da Reuters.

Leia mais:

publicidade

Além da remoção de diversos conteúdos, o TikTok também está retirando o áudio de vários vídeos em sua plataforma que apresentam músicas escritas por qualquer compositor inscrito na Universal Music. O contrato de licenciamento com o TikTok para uso das músicas da gravadora expirou em 31 de janeiro.

Para evitar problemas legais, a empresa da rede social vai remover todo conteúdo relacionado a Universal Music antes do final desse mês. O TikTok alega estar aberto a negociar para um novo acordo de licenciamento das músicas em sua plataforma.

publicidade

O que vem emperrando um novo acordo é um conflito de royalties entre as partes; a gravadora se queixa de que o TikTok não paga um valor justo pelo licenciamento das músicas.

Muitos artistas de peso possuem o selo da Universal Music

  • A Universal Music Group é a maior empresa de música do mundo, e entre os artistas da companhia, estão estrelas como Taylor Swift, Lana Del Rey e Ariana Grande.
  • A empresa já alegou que o acordo com o TikTok representa apenas cerca de 1% de sua receita total.
  • Cerca de 20% ou 30% das músicas licenciadas no TikTok, valor que varia a depender da região, vinha do catálogo da Universal.
  • O acordo entre as duas partes foi fechado em 2021, permitindo usuários da rede social a usar músicas da gigante do ramo em seus vídeos.