Um gato está sendo procurado pelas autoridades de Fukuyama, no oeste do Japão, após cair em um tanque contendo cromo hexavalente, um produto com potencial cancerígeno. O animal sobreviveu e fugiu do local. Especialistas alertam que a saúde do felino está em risco, assim como a das pessoas que tiverem contato com o gato.

Leia mais

publicidade
Estudo confirma que humanos podem se comunicar com gatos
Paradeiro do gato é desconhecido (Imagem: Onur Burak ZEYTINLI/ Shutterstock)

Gato pode ter morrido após fugir do local

O caso foi registrado na última segunda-feira (11), quando um funcionário de uma empresa de galvanização encontrou pegadas amarelas no tanque com cromo hexavalente. 

Após análise de câmeras de segurança do local, as autoridades japonesas perceberam que um gato havia caído no recipiente tóxico e depois fugido na noite do domingo (10). Desde então, começou uma verdadeira “caçada” ao animal, que segue desaparecido.

publicidade

Especialistas orientaram a população a ficar longe do gato em caso de avistamento. Nessa situação, é necessário avisar a polícia para que haja a captura do animal contaminado. Não está descartada a possibilidade do felino já estar morto, em consequência da exposição ao material tóxico.

O incidente acendeu um alerta para os ricos à exposição do material cancerígeno. Por isso, os protocolos de segurança do local serão revisados. A empresa Nomura Plating Fukuyama afirmou que o caso evidenciou a “necessidade de adotar medidas para evitar a entrada de pequenos animais, como gatos, algo que nunca havia sido previsto”.

publicidade

Uma emissora local de TV compartilhou algumas pistas do que aconteceu:

Substância pode provocar câncer

  • Segundo a agência estadunidense Occupational Safety and Health Administration (Osha), o cromo hexavalente é potencialmente cancerígeno.
  • O contato com a substância pode provocar irritação e problemas nos olhos, incluindo cegueira; problemas respiratórios; danos nos rins, fígados e pulmões; reações alérgicas; dermatites e úlceras na pele.
  • Dependendo do tempo de exposição, o material pode provocar câncer de pulmão, nariz e seios da face.
  • Os efeitos podem ser ainda mais intensos em casos em que se é totalmente mergulhado no cromo hexavalente, exatamente o que aconteceu com o gato.
  • As informações são da NBC.