O desenvolvimento de tecnologia para veículos autônomos pode beneficiar ciclistas graças a avanços como o Copilot, da Velo AI. Essa lanterna smart, criada por Clark Haynes e Micol Marchetti-Bowick, ex-colaboradores da Uber, combina inteligência artificial (IA) e aprendizado de máquina num módulo compacto para bicicletas.

Para quem tem pressa:

  • O Copilot, desenvolvido pela Velo AI por ex-colaboradores da Uber, é uma lanterna inteligente para bicicletas que usa IA e aprendizado de máquina para identificar veículos, ciclistas e pedestres, e fornecer alertas sonoros e visuais;
  • Este dispositivo se destaca por sua capacidade de distinguir entre diferentes tipos de veículos e ações, com funções avançadas como conexão com smartphones, visão traseira da via e gravação de vídeos em alta definição com detecção automática de incidentes;
  • Equipado com um Raspberry Pi Compute Module 4 e um coprocessador de IA Hailo, o Copilot pesa 330 gramas e tem bateria (com até cinco horas de duração) recarregável via USB-C. A lanterna smart sai por US$ 400 (R$ 2 mil em conversão direta);
  • A Velo AI busca não apenas melhorar a segurança individual dos ciclistas, mas também contribuir para a segurança coletiva através de parcerias, como a iniciada em Pittsburgh, para coletar dados que auxiliem no aprimoramento da infraestrutura de trânsito.

Diferente dos radares tradicionais, o Copilot pode distinguir entre diferentes tipos de veículos e alertar sobre suas proximidades e ações. O Copilot da Velo AI também é mais avançado que dispositivos semelhantes, como o Garmin Varia, por oferecer capacidades mais espertas.

Vídeo relacionado

Leia mais:

Lanterna inteligente para ciclistas

Lanterna com IA instalada em bicicleta
(Imagem: Divulgação)

Além de detectar a aproximação de carros, o Copilot:

publicidade
  • Identifica outros ciclistas e pedestres;
  • Fornece alertas sonoros e visuais;
  • Pode se conectar a smartphones para mostrar a visão traseira da via;
  • Grava vídeos em 1080p, com identificação automática de incidentes e quase acidentes.

O sistema da lanterna smart é alimentado por um Raspberry Pi Compute Module 4, com um coprocessador de IA Hailo para redes neurais e visão computacional. E uma câmera Arducam é responsável pela captura de imagens e gravação de vídeos.

Com peso de 330 gramas e bateria com até cinco horas de duração, o Copilot é recarregável via USB-C. Apesar de não ser ideal para ciclistas que priorizam aerodinâmica ou percorrem longas distâncias, e com preço de US$ 400 (R$ 2 mil em conversão direta), ele se destina aos que valorizam a segurança e a tecnologia avançada em suas pedaladas.

publicidade

A Velo AI não só mira na segurança individual com o Copilot, mas também visa contribuir para a segurança coletiva. A empresa iniciou uma parceria em Pittsburgh, na Pensilvânia (EUA), para distribuir dispositivos a ciclistas urbanos e analisar os dados coletados para propor melhorias na infraestrutura de trânsito.