A Microsoft e a OpenAI podem estar trabalhando em um projeto que deve não apenas alavancar os negócios de inteligência artificial das empresas, mas aprofundar o conhecimento das companhias no que diz respeito a tecnologia. De acordo com o The Information, há um projeto para um data center que pode custar até US$ 100 bilhões, além de um supercomputador de IA com sede nos EUA.

O que você precisa saber: 

publicidade
  • Os planos chegam com objetivo de atender a demanda por data centers de IA capazes de lidar com tarefas mais avançadas do que os data centers tradicionais; 
  • Financiado pela Microsoft, o projeto deverá ser 100 vezes mais caro do que alguns dos maiores data centers existentes; 
  • A previsão é que tanto o data center, quanto o supercomputador, chamado de Stargate, sejam lançados em 2028; 
  • As despesas com o plano podem exceder os US$ 115 bilhões, mais que o triplo dos gastos da Microsoft no ano passado; 
  • As empresas não se pronunciaram oficialmente sobre o projeto. 

Leia mais! 

O projeto seria composto por cinco fases, sendo o Stargate a quinta. Ele seria o maior de uma série de supercomputadores que as empresas pretendem construir nos próximos seis anos, conforme disse o relatório.  

publicidade

Um supercomputador menor de quarta fase para OpenAI pode ser lançado por volta de 2026. Atualmente, as companhias estariam na terceira fase do projeto, que envolve a aquisição de chips de IA — o novo projeto estaria sendo projetado para funcionar com chips de diferentes fornecedores. 

Sem confirmação para os planos, a Microsoft disse à Reuters apenas que “estamos sempre planejando a próxima geração de inovações de infraestrutura necessárias para continuar expandindo a fronteira da capacidade de IA”. O lançamento planejado do supercomputador Stargate não foi mencionado.