A Nissan e a Mitsubishi anunciaram que trabalharão para desenvolver vários veículos elétricos especificamente para o mercado dos Estados Unidos, numa tentativa de minimizar os custos de desenvolvimento desses veículos. As informações são do site InsideEVs.

Leia mais:

Vídeo relacionado

As montadoras resolveram selar esta parceira para lidar com o momento atual do mercado, em que o crescimento dos veículos totalmente elétricos desacelerou, e os principais fabricantes olham para os híbridos como um paliativo, até que os modelos elétricos recuperem o ímpeto.

Foto: JHVEPhoto/Shutterstock

Atualmente, a Mitsubishi não possui nenhum veículo totalmente elétrico à venda nos EUA e a Nissan não possui nenhum híbrido. Além disso, nenhuma das empresas oferece um modelo de picape movida a bateria. Algo que as duas empresas vão trabalhar para mudar em breve.

publicidade

O CEO da Nissan, Makoto Uchida, revelou que esta parceria inédita das duas empresas para o mercado dos EUA pretende tirar do papel pelo menos três veículos elétricos diferentes.

As parcerias entre montadoras japonesas parecem estar virando tendência, já que a notícia chega pouco tempo depois de a Nissan e a Honda confirmarem que trabalharão em conjunto para desenvolver tecnologia específica para veículos elétricos.

publicidade

Quais modelos elétricos podemos esperar da parceria Nissan-Mitsubishi nos EUA

  • A Nissan pretende usar tecnologia da Mitsubishi, que fabrica o Outlander PHEV, para lançar um híbrido próprio.
  • Já a Mitsubishi quer lançar um carro elétrico nos EUA usando a tecnologia da Nissan, possivelmente a mesma usada no crossover Ariya.
  • Não há um cronograma oficial das montadoras para estes lançamentos; A Nissan, durante sua última apresentação pública, disse que lançará 30 novos modelos até de 2026, e 16 deles seriam elétricos.
  • Portanto, a expectativa é que os dois novos modelos da Nissan e da Mitsubishi estejam no mercado em algum momento nos próximos dois anos.

Também está nos planos das duas empresas desenvolver em conjunto uma picape totalmente elétrica, que pode resultar em dois modelos distintos. Rumores apontariam para este modelo chegando ao mercado em algum momento entre 2027 e 2031, como um sucessor do Nissan Frontier, que ainda só tem sua versão movida a combustão.

O modelo teria sua fabricação no México, com venda para os Estados Unidos e América Latina, pensando em contornar as tarifas de importação enfrentadas pelos modelos trazidos do exterior. Uma versão híbrida da futura picape também estaria sendo considerada.

Nissan vende fábricas por R$ 5 e decide deixar a Rússia
Imagem: Philip Lange / Shutterstock