A startup Aptera Motors buscou financiamento privado nos EUA para conseguir iniciar a produção em larga escala do primeiro carro solar. Segundo o Electrek, a empresa firmou um acordo com o grupo financeiro privado US Capital para finalmente tirar o projeto do papel.

Leia mais:

Vídeo relacionado

Ccélulas solares instaladas na carroceria e no painel do carro fornecem até 64 km de autonomia extra por dia. Imagem: Divulgação/Aptera Motors

Como é o carro solar da Aptera Motors?

  • O carro solar da Aptera possui três rodas e um design não muito comum. Steve Fambro, co-fundador da Aptera, diz que o modelo funciona “como um veículo elétrico normal”, com a diferença que carrega “o tempo todo” usando luz solar.
  • O executivo acrescenta que a aerodinâmica e os materiais leves que compõem o veículo também ajudam a maximizar sua eficiência energética.
  • Totalmente carregado e na versão com mais bateria, o alcance do veículo é de impressionantes 1.600 km, mostrando que a ideia de combinar um design supereficiente com energia solar pode funcionar muito bem.
  • O comprador pode escolher entre quatro opções de autonomia: 400 km, 640 km, 965 km e a topo de linha, com 1.609 km. O sistema de células solares também é customizável.
  • A opção mais básica cobre o teto e o painel no interior do carro. São oferecidos como opcionais a adição de painéis extras no capô, e na parte traseira.

A Aptera é uma das várias startups que tentam deslanchar no concorrido segmento de carros elétricos, com o diferencial de também utilizar energia solar nos veículos. No entanto, encontrar fundos para iniciar a produção não foi um trabalho fácil.

A empresa conseguiu levantar US$ 100 milhões nos últimos três anos com campanha de crowdfunding, que será encerrada em junho deste ano. Em 2023, também iniciou um Programa Acelerador. Clientes com reservas poderiam injetar US$ 10 mil na empresa para receber uma versão exclusiva veículo primeiro que os demais. Em fevereiro de 2024, ficou claro que a estratégia não seria suficiente.

publicidade
A Aptera levou o seu carro movido a energia solar até Turim, na Itália, em 2023 para testes aerodinâmicos no túnel de vento da Pininfarina. Imagem: Divulgação/Aptera Motors

Lançamento previsto para 2025

O cofundador e co-CEO da Aptera, Chris Anthony, falou sobre a próxima fase da startup em comunicado à medida que se prepara para a produção de EV solar: “Os esforços bem-sucedidos de crowdfunding da Aptera abriram caminho para a empresa se envolver com a US Capital para garantir financiamento para a produção de seus veículos. Através desta iniciativa de angariação de fundos, a Aptera planeja levar os seus veículos inovadores ao mercado em grande escala em 2025“.