Arqueólogos localizaram os restos mortais do que teria sido a pessoa mais importante de uma “cidade” do período neolítico (entre o ano 7000 a.C. até 2500 a.C.). O corpo foi enterrado no sul do que hoje é a Alemanha com vários artefatos e alimentos, incluindo um dente de javali.

Leia mais

publicidade

“O Prefeito” do neolítico

  • A pessoa foi enterrada com comida e bebida para a vida após a morte, além de corantes para pintura corporal, um machado de pedra e um dente de javali dividido em dois.
  • Estes objetos indicam que o morto tinha um alto status, provavelmente um ancião ou um chefe do local.
  • Ele foi apelidado pelos arqueólogos de “O Prefeito”.
  • A investigação ainda não determinou quantos anos a pessoa tinha quando morreu, nem se era homem ou mulher.
Artefato encontrado junto ao esqueleto (Imagem: Distrito de Dingolfing-Landau)

Materiais serão analisados

Segundo pesquisadores, esta é uma descoberta bastante rara. Eles afirmam que é incomum encontrar restos humanos em uma sepultura desta época e neste local, uma vez que muito poucos esqueletos neolíticos sobreviveram ao tempo.

Além disso, os achados indicam uma pessoa de posição especial que era mais velha e provavelmente conquistou sua riqueza e status, em vez de herdá-la.

publicidade

As duas partes do dente de um javali eram provavelmente duas metades de um recipiente que já continha uma lâmina de sílex e ferramentas para fazer fogo, um símbolo de status já que caçar javalis era perigoso naquela época, disse ele.

A pessoa na sepultura foi enterrada em uma posição de cócoras, e vários vasos foram colocados ao redor de sua cabeça. Um recipiente de bebida ainda foi colocado na frente do rosto do esqueleto e junto a lâminas de pedra.

publicidade

Os arqueólogos explicam que o local onde foram encontrados os objetos foi um importante assentamento do período neolítico, um dos centros mais importantes da Europa naquela época.

O esqueleto de “O Prefeito” agora será examinado para confecção de um modelo 3D preciso. A técnica, conhecida como fotogrametria, envolve a análise de várias imagens digitais para criação de um modelo virtual.