Na tentativa de driblar bloqueadores de publicidade, o YouTube pode estar testando uma nova ferramenta que aplica uma ‘injeção’ de anúncios a partir do seu servidor. Conforme divulgado pelo 9TO5Google, isso significa que os anúncios da plataforma passarão a fazer parte dos vídeos, não sendo possível bloquear ou desviar dos trechos. 

O que você precisa saber: 

publicidade
  • A ferramenta foi descoberta pelo desenvolvedor do SponsorBlock, uma extensão de crowdsourcing para pular segmentos patrocinados; 
  • A expressão ‘injeção’ de anúncios faz alusão a uma aplicação mais profunda de publicidade; 
  • Em suma, os anúncios não seriam mais entregues separadamente na web para desktop ou para o cliente móvel, mas durante a reprodução dos vídeos; 
  • Se o recurso for de fato implementado pelo YouTube, o anúncio deverá ser indistinguível para bloqueadores nos vídeos da plataforma. 

Leia mais! 

A injeção de anúncios no servidor pode ser a solução para o YouTube, e um problema bem mais complexo para bloqueadores. O Google trabalha com mais foco em uma solução para combater por vários meios o tipo de bloqueador desde o ano passado. 

publicidade

Isso ocorre, claro, devido à receita de publicidade ser uma das mais importantes para a maioria das empresas — para algumas a mais alta também. 

Embora o YouTube não tenha confirmado a nova política de anúncios, o 9TO5 indicou que a ferramenta ainda está em teste, mas com vários usuários já sentindo o resultado. 

publicidade

Não há informações sobre quando o recurso será implementado para todos. O Google também não se pronunciou sobre mudanças na estrutura de publicidade do YouTube.