A Stellantis apresentou esta semana uma nova versão do Fiat Panda, o “pai” do saudoso Uno. Além de mudanças no visual, o compacto será elétrico.

O novo modelo da marca italiana se chama Grande Panda e chega com estilo retrô e preço “camarada”.

Vídeo relacionado

O que sabemos sobre o “Uno elétrico”

  • O Grande Panda será vendido como elétrico ou híbrido;
  • O modelo faz parte da nova linha global da Fiat baseada em uma plataforma para veículos de baixo custo — a mesma do novo Citroën e-C3 (e provavelmente a mesma do Jeep Renegade elétrico, já que todas as marcas fazem parte do grupo Stellantis);
  • É esperado que o Fiat Grande Panda seja uma dos carros elétricos mais acessíveis da montadora quando chegar ao mercado;
  • Inspirado no Panda dos anos 80, o irmão mais novo é um carro compacto com 3,99 metros de comprimento.
Novo Fiat Grande Panda será vendido em versão elétrica ou híbrida. Imagem: Divulgação/Stellantis

Leia mais:

A Fiat afirma que a “personalidade italiana” do veículo fica evidente através do design. Os faróis exclusivos em estilo pixel e as letras gigantes “Panda” na lateral contribuem para o visual inspirado nos anos 1980.

publicidade
Imagem: Divulgação/Stellantis

Lançamento do Fiat Grande Panda

A Fiat lançará o novo Grande Panda na Europa, Oriente Médio e África. O modelo será o primeiro de uma nova gama global de veículos da marca italiana lançada anualmente até 2027.

Ainda não foi confirmado se o modelo será lançado nos Estados Unidos ou no Brasil. Por aqui, o Fiat 500e é a opção elétrica da montadora e custa a partir de R$ 214.990.

publicidade

Quanto custa?

Como mencionado antes, o Grande Panda será um dos carros elétricos mais acessíveis da Fiat e deve custar a partir de US$ 25.000, cerca de R$ 134 mil em conversão direta.

Vale recordar que o conceitos do Panda elétrico apareceram em fevereiro no Salão Automóvel de Genebra. A promessa da Fiat era apresentar um modelo oficial com porte maior em julho. A marca italiana cumpriu a promessa até antes do prazo.