A câmera corporal de um policial capturou o momento em que ele saiu correndo para não ser atropelado por um carro da Tesla – que, segundo o motorista, estava com um modo de assistência de direção (leia-se: piloto automático) ativado. Por sorte, ninguém ficou gravemente ferido.

Tesla no automático atropela investigação de acidente…literalmente

  • Uma câmera corporal de um policial capturou o momento em que ele teve que correr para evitar ser atropelado por um Tesla com o modo de assistência de direção ativado. O incidente ocorreu em Fullerton, na Califórnia, durante uma investigação de outro acidente. Felizmente, ninguém ficou gravemente ferido;
  • O acidente aconteceu após a meia-noite, quando policiais investigavam um acidente no qual um motociclista morreu. Segundo os policiais, o motorista do Tesla tinha ativado um modo de assistência de direção e estava distraído com o celular. Por isso, não viu as sinalizações na rua e bateu na viatura da polícia, que estava vazia;
  • A emissora KCAL News divulgou imagens capturadas pela câmera do policial e uma câmera de segurança. O sargento Ryan O’Neil, do Departamento de Polícia de Fullerton, contou que a viatura estava com as luzes acesas e havia sinalizações visíveis na rua;
  • Acidentes envolvendo carros da Tesla com modo de assistência de direção não são raros nos EUA. A Administração Nacional de Segurança de Tráfego Rodoviário dos EUA investigou a Tesla em 2021 devido a batidas entre carros da fabricante e veículos de emergência. Em 2023, o órgão concluiu as investigações e exigiu que a Tesla atualizasse o software de dois milhões de carros.

O acidente ocorreu em Fullerton, na Califórnia (EUA), nesta semana. O policial atendia a outra ocorrência de acidente quando viu o carro da Tesla vindo em sua direção em alta velocidade. Após o policial sair do caminho, o Tesla bate na sua viatura.

Vídeo relacionado

Leia mais:

A reportagem veiculada pela emissora KCAL News mostra imagens capturadas pela câmera acoplada ao uniforme do policial e pela câmera de segurança de uma casa. Assista abaixo:

publicidade

Tesla no automático causa acidente em atendimento da polícia a outro acidente

O acidente ocorreu pouco depois da meia-noite. Policiais estavam no local investigando a ocorrência de outro acidente, no qual um motociclista morreu. Enquanto esperavam pelas equipes de limpeza e direcionavam o tráfego – com sinalizações bem visíveis, diga-se – o Tesla apareceu.

Segundo os policiais, o motorista do carro elétrico tinha colocado o veículo num dos modos de assistência de direção (não se sabe se Autopilot ou Full Self-Driving) e não teria visto as sinalizações nem os policiais por estar distraído com seu celular.

publicidade

“A viatura estava com as luzes acesas,” disse o sargento Ryan O’Neil, do Departamento de Polícia de Fullerton, à emissora. “Havia sinalizações na rua e o policial notou o veículo [Tesla] vindo numa velocidade considerável.”

Por sorte, o policial conseguiu sair do caminho do carro elétrico a tempo. E a viatura estava vazia no momento da batida.

publicidade

Acidentes envolvendo carros da Tesla no automático não são raros

Carro autônomo da Tesla enfiado na traseira de caminhão de bombeiro
Tesla Model S bateu na traseira de um caminhão de bombeiro, na área da baía de São Francisco; acidente foi fatal (Imagem: Culver City Firefighters)

Essa não é a primeira vez que um carro da Tesla com modo de assistência de direção ativado se envolve num acidente nos EUA. Aliás, não é a primeira vez que um veículo da empresa (no automático) bate numa viatura.

A Administração Nacional de Segurança de Tráfego Rodoviário dos EUA abriu uma investigação sobre a Tesla em 2021, após registros de batidas entre carros da fabricante – com algum modo de assistência de direção ativado – e veículos de emergência.

A investigação terminou em 2023, com a NHTSA forçando a Tesla a emitir atualizações de software para dois milhões de seus carros. Agora, o órgão regulador pondera se essa medida foi suficiente para resolver o problema.