O BYD Seal chegou ao Brasil no final de 2023, depois de outros quatro lançamentos da marca no país, e se tornou o sedã com mais de 500 cavalos mais barato do mundo. Ele pode ser adquirido por menos de R$ 300 mil e entrega o que há de melhor em tecnologia e emoção, por isso, está atraindo os clientes de outras marcas de carros esportivos.

Sua primeira aparição foi durante o festival de Interlagos em julho de 2023, e em novembro, ele já estava entre os cinco sedans médios mais vendidos do Brasil, atingindo seis vezes mais vendas do que o Honda Civic. Fomos até a concessionária BYD Osten, no bairro do Tatuapé na Grande São Paulo, conferir de perto o que o Seal tem para oferecer e conquistar o coração dos amantes da velocidade, tecnologia e sustentabilidade.

Vídeo relacionado

Leia também:

O Seal (“foca” em inglês) é um dos modelos que remetem ao oceano, o primeiro foi o Dolphin (golfinho), e a estética de suas linhas cria essa atmosfera que remete ao mar. O design ergonômico está presente em cada detalhe dos bancos, que parecem muito o da Evoque e abraçam o ocupante.

publicidade

BYD Seal: preço, autonomia, interior e ficha técnica

Painel esbanja tecnologia em telas cheias de funcionalidades (Foto: Marcelo Valladão)

“O Seal não é um carro esportivo, ele é ainda melhor, pois, além de fazer de 0 a 100 km/h em apenas 3,8s, é um carro macio que entrega eficiência e conforto ao mesmo tempo”, explica Alexandre Miranda, Gerente Comercial da BYD Osten.

Mesmo com essa arrancada recheada de emoção, ele mantém a sobriedade em seu console e fora dele, em um silêncio sepulcral, uma das grandes diferenças entre os elétricos e os veículos a combustão. “O carro tem inclusive dispositivos visuais para indicar se está ligado ou não, devido ao extremo silêncio do seu funcionamento”, diz Alexandre.

publicidade

O gerente da BYD Osten conta que, além do desempenho, ele entrega o conforto, e isso tem atraído cada vez mais clientes das outras marcas. Inclusive, durante a entrevista, ele mostrou o depoimento de um cliente satisfeito com o novo carro.

Exibiu um vídeo em seu celular, no qual ele afirma que sua esposa não sai mais de casa sem o Seal: “A patroa saiu com o elétrico (Seal) e o outro carro premium ficou encostado lá no canto da garagem”, diz ele, no vídeo.

publicidade
Desenho das rodas criado especificamente para o modelo dá ganho de eficiência (Foto: Marcelo Valladão)

Conforto, desempenho e baixo custo são os fatores que estão levando à mudança de comportamento dos clientes, ao tomarem contato com o BYD Seal.

“Os clientes estão levando em conta tudo isso, e também o fato de a eletrificação ter dado um passo além, com as baterias Blade da BYD entregando 400 km, até 500 km de autonomia. Marcas como a Tesla e a Toyota estão utilizando essa tecnologia e, hoje, a bateria do Seal tem oito anos de garantia.”.

Alexandre Miranda explica que a bateria tem previstos 5 mil ciclos da carga, com quase 400 km de autonomia, o que permite rodar mais ou menos 1,5 milhão de quilômetros. “A ideia é a de que os clientes não troquem mais de carro de dois em dois anos, mas fiquem mais tempo com os carros. Não tem óleo, não tem velas, a manutenção vai ser infinitamente menor”, diz o gerente da Osten.

“O Seal vai mudar o comportamento do motorista, ele vai se tornando mais consciente, otimizando o uso da energia e melhorando a forma de conduzir o veículo, de uma forma mais sustentável e racional”, conclui.

Abrindo o capô, nada da “parafernália” convencional (Foto: Marcelo Valladão)

Bateria e Autonomia

O BYD Seal ostenta uma autonomia comprovada pelo Inmetro de 372 km com apenas uma carga, e a previsão (moderada) indica que, após 3 mil ciclos de recarga, as inovadoras baterias Blade podem impulsionar o veículo por mais de 1.100.000 km. Com capacidade de 82,5 kWh, as baterias Blade permitem um carregamento rápido de até 80% em apenas 30 minutos, utilizando um carregador de 150 kW.

O veículo é também o primeiro modelo equipado com a inovadora tecnologia СТВ (Cell to Body), que integra a Bateria Blade à carroceria do carro, formando uma forte estrutura em “sanduíche”, proporcionando uma notável rigidez torcional de 40.500 Nm. Com a tecnologia CTB, a Bateria Blade é mais do que uma fonte de energia, é também um componente estrutural capaz de suportar forças significativas.

Motor

O Seal possui dois motores elétricos, um em cada eixo do carro, e os dois entregam 531 cv de potência e 68,3 kgfm de torque, e seu peso de 2.150 kg não o impede de acelerar de 0 a 100 km/h em 3,8s (marca que ele faz questão de mostrar gravada no porta-malas do veículo).

Alexandre, o gerente da concessionária, é um entusiasta dos elétricos (Foto: Marcelo Valladão)

Design

O Seal tem desenhos muito semelhantes ao Porsche Taycan. O modelo tem faróis de LED e sua aerodinâmica é toda desenvolvida para lhe dar o máximo de desempenho, seja no recolhimento automático das maçanetas (que saltam suavemente de forma automática, quando o proprietário se aproxima do veículo), ou mesmo no desenho das rodas, milimetricamente pensadas para entregar eficiência.

O modelo está disponível em seis cores diferentes: azul Glacial, branco Bright, preto Cosmos, verde Courtyard, cinza Altantis e cinza acetinado. Na parte traseira, as lanternas interligadas e os desenhos lembram peixes e gotas, enquanto os para-choques remetem a saídas de escapamento, obviamente inexistentes.

Ele tem 4,8 m de comprimento por 2,92 m entre seus eixos, 1,91 m de largura e 1,59 m de altura, maiores do que as do Toyota Corolla, por exemplo.

Seal remete ao oceano, até nas lanternas traseiras, que lembram peixes e gotas (Foto: Marcelo Valladão)

Equipamentos e Conforto

O acabamento é de luxo, sempre remetendo ao mar. São duas telas de informações, a do painel de instrumentos tem 10,2″ e a central multimídia tem impressionantes 15,6″ e pode ficar na posição horizontal e vertical. “É o carro do Batman!”, brinca o gerente da Osten.

Mas a brincadeira logo se torna séria quando revelamos a gama de tecnologias de ponta que o Seal oferece. O veículo pode ser operado sem chave, por meio do aplicativo no celular, e possui diversos sistemas de segurança, como a Frenagem Preditiva de Emergência (PCW) e a Frenagem Automática de Emergência (AEB), que atuam para evitar colisões com alertas sonoros e, em caso extremos, intervenção do sistema de freios autônomos.

O modelo ainda possui funções preventivas para atuar freando o veículo caso outro carro cruze a via à frente. Outra ferramenta interessante é o Sistema de Reconhecimento de Sinalização de Trânsito (TSR) que identifica, por exemplo, o limite de velocidade da via, por leitura das placas, enviando mensagens de alarme ao condutor quando a velocidade do veículo excede o limite detectado. O Seal também tem o controle inteligente de limite de velocidade, comum em carros automáticos.

Cor branca é uma das opções que ganharam o gosto dos clientes (Foto: Marcelo Valladão)

O ar-condicionado pode ser regulado por comando de voz, basta dizer à central: “Está muito quente!”, e então a temperatura do ar é ajustada em 3° mais fria, com a confirmação em resposta de áudio: “Ajustando a temperatura em três graus”. Não há controle manuais das aletas, tudo é feito via central multimídia, com a animação da saída do ar.

Aliás, o sistema de câmeras é um show à parte, com alta definição de imagem e ainda o recurso de imagens em 360o. O acionamento da tampa do porta-malas é automático para abrir ou fechar, garantindo um conforto a mais.

Interior sofisticado de alta qualidade

O interior do BYD Seal é decorado com acolchoamento em forma de diamante e tecnologia de costura dupla, o que aumenta ainda mais a sensação de alta qualidade e refinamento do interior. Além disso, o tratamento perfurado no tecido interior não só tem melhor permeabilidade ao ar, mas também a disposição das gotas de água nos poros é uma boa resposta ao tema oceânico.

Seal chama a atenção pela beleza por onde passa (Foto: Marcelo Valladão)

Câmbio de cristal

O centro de controle “Heart of the Ocean” do BYD Seal é uma obra de arte que combina forma e função de maneira magistral. A alavanca de câmbio de cristal, inspirada em gotas de água, é a peça central visual. Ela é cercada por um grupo de botões que fornecem acesso simples e intuitivo a funções comuns, como botão de partida, seleção do modo de energia, ar condicionado e controle de áudio.

Dynaudio personalizado Classe-Hifi

O sistema de som surround Dynaudio do BYD Seal é pioneiro na indústria, com 12 alto-falantes que fornecem sonoridade envolvente aos passageiros em todos os assentos. O sistema possui potência máxima de saída de 775W e alta fidelidade, tornando cada viagem uma experiência musical.

Test Drive

Teste-drive foi realizado na concessionária BYD Osten, no bairro do Tatuapé, em São Paulo (Foto: Divulgação)

Fizemos um test-drive no Seal, com direito a experimentar na prática a arrancada fenomenal. A sensação é como se estivéssemos em um carro esportivo, com aquele frio na barriga ao sentir a pressão contra o banco. O Seal não decepciona em nenhum aspecto.

O conforto e a tecnologia encantam até mesmo os mais exigentes. O modelo se esforça para agradar até nos detalhes, inclusive ao entrar e sair do veículo. Quando o motorista abre a porta, o banco recua automaticamente para facilitar a sua saída. O problema é que ao entrar, dificilmente você vai querer sair!