Um novo relatório aponta que a maioria dos brasileiros está mudando o comportamento em função de desconfianças relacionadas a possíveis espionagens feitas através dos aparelhos celulares. Muitas pessoas, por exemplo, estão deixando de atender chamadas de números desconhecidos.

Leia mais

publicidade
Brasileiros têm deixado de atender ligações de desconhecidos (Imagem: JOURNEY STUDIO7/Shutterstock)

Desconfiança em relação à privacidade e segurança dos dados

  • De acordo com o levantamento realizado pela Sherlock Communications, 69% dos brasileiros acreditam que seus celulares estão ouvindo suas conversas.
  • Ainda segundo a pesquisa, 42% dos entrevistados temem ser rastreados pelo celular ou outro aparelho.
  • Enquanto 76% acreditam que as empresas vendem seus dados sem seu consentimento.
  • Apenas 32% dos ouvidos disseram se sentir protegidos pelas leis brasileiras de proteção de dados.
  • O relatório confirma que há uma grande desconfiança em relação à privacidade e segurança dos dados.
  • Foram entrevistadas quase 3.500 pessoas na América Latina, sendo 859 delas no Brasil.
Ligação indesejada (Imagem: Peace-loving/Shutterstock)

Mudanças de comportamento dos brasileiros

O estudo ainda concluiu que as chamadas indesejadas de telemarketing e tentativas de golpes mudaram o comportamento dos brasileiros. Mais da metade (55%) dos ouvidos disseram não atender mais ligações de números desconhecidos.

O trabalho ainda apontou que 26% dos brasileiros já receberam ofertas não solicitadas de serviços por mensagens de texto; 24% sofreram tentativa de golpe com alguém tentando se passar por um atendente do banco; e 66% afirmam que é muito difícil distinguir entre um atendente humano e virtual.

publicidade

O levantamento da Sherlock Communications também destaca que, por deixarem de atender chamadas, 28% dos brasileiros já perderam ligações importantes e 10% já tiveram algum desentendimento com amigos ou familiares em função disso.