O robô humanoide Figure 01, desenvolvido pela startup Figure, está em fase de treinamento para seu primeiro trabalho em uma fábrica da BMW. Equipado com inteligência artificial (IA) avançada, o robô promete revolucionar a montagem de automóveis, destacando-se pela capacidade de realizar tarefas complexas com precisão e eficiência.

Há seis meses, a Figure anunciou o lançamento de seu robô humanoide prateado em uma fábrica da BMW. Desde então, o robô tem passado por um extenso treinamento para realizar várias tarefas. O desenvolvimento do Figure 01 faz parte de uma tendência mais ampla na indústria de robótica, onde várias empresas estão criando humanoides capazes de realizar tarefas humanas de forma mais eficiente e consistente.

publicidade
(Imagem: Figure / Divulgação)

Esses robôs humanoides são equipados com modelos avançados de IA para treinamento e controle. Embora ainda estejam em estágios iniciais de desenvolvimento, esses modelos de IA estão avançando rapidamente. Uma característica notável do Figure 01 é sua capacidade de comunicação, usando um motor de voz e um modelo de linguagem da OpenAI, destacando seu potencial para interagir e colaborar com trabalhadores humanos.

Leia mais:

publicidade

Aplicação do robô Figure 01 no mundo real e treinamento

O treinamento atual do Figure 01 envolve tarefas como agarrar e manipular formas complexas. Em um vídeo recente, o robô demonstrou sua capacidade de manusear componentes grandes e pequenos com precisão, alinhando peças corretamente e ajustando-as conforme necessário. Este nível de destreza e precisão é crucial para tarefas no setor de manufatura automotiva. Assista:

Comparação com outros robôs humanoides e desafios

  • O campo da robótica humanoide é altamente competitivo.
  • O robô Apollo, da Apptronik, está sendo testado na Mercedes, e o robô Atlas, da Boston Dynamics, também demonstrou capacidades na fabricação automotiva.
  • O robô Optimus, da Tesla, testado em suas próprias instalações, contrasta com a abordagem da Figure de usar um cliente externo, como a BMW, para impulsionar melhorias de desempenho.
  • Apesar do progresso, os vídeos de treinamento do Figure 01 revelam que o robô ainda é lento e metódico.
  • Melhorias em velocidade e eficiência são esperadas à medida que os modelos de IA amadurecem.
  • O desafio final para esses robôs será demonstrar vantagens econômicas claras sobre os trabalhadores humanos para justificar a adoção em larga escala e o impacto na sociedade.