A Amazon decidiu descontinuar seu dispositivo Astro for Business, robô de segurança para pequenas e médias empresas, apenas sete meses após seu lançamento.

Em e-mail enviado a clientes e funcionários nesta quarta-feira (3), o motivo para tirar de ação o Astro for Business foi dado: a Amazon quer se concentrar em sua versão doméstica do robô.

publicidade

Lançada em 2021, a versão doméstica oferece segurança residencial, detecção de animais de estimação, entrega de mensagens, compartimento de carga capaz de transportar até 2 kg e muito mais.

“Estamos totalmente comprometidos com a nossa visão de trazer soluções robóticas de consumo de classe mundial para as casas”, disse um porta-voz da Amazon no comunicado preparado.

publicidade

“Para acelerar nosso progresso e pesquisa contínua para tornar o Astro o melhor robô doméstico, tomamos a decisão de encerrar o suporte ao Astro for Business. Estamos entusiasmados com as experiências domésticas que estamos inventando para o Astro e esperamos compartilhar mais no futuro”, continua o aviso.

Leia mais:

publicidade
Astro for Bussiness não chegou a ser sucesso no mundo corporativo (Imagem: Divulgação/Amazon)

Robôs descontinuados poderão ir para reciclagem

  • De acordo com o The Verge, os robôs Astro for Business não funcionarão mais a partir de 25 de setembro;
  • A empresa recomenda que os clientes reciclem os robôs de segurança por meio do programa de reciclagem da Amazon, que cobrirá os custos de envio;
  • Embora a empresa não tenha especificado quantos clientes empresariais foram impactados por essa descontinuação, fica claro que não houve clientes suficientes para que a Amazon continuasse investindo nos aparelhos.

Os robôs do Astro for Business, que custavam US$ 2,35 mil (R$ 13,05 mil, na conversão direta), eram acompanhados de três planos de assinatura. A “Astro Secure”, ao preço de US$ 60 (R$ 333,42) por mês, oferecia recursos, como rotas de programação.

A Amazon também ofereceu duas assinaturas opcionais, permitindo aos usuários pagarem US$ 20 (R$ 111,14) por mês por recursos, como alarmes de toque e detectores de movimento, e US$ 99 (R$ 550,14) adicionais por mês para suporte e monitoramento de agente humano.

publicidade

Com efeito imediato, as empresas não pagarão mais a taxa de assinatura. A Amazon também anunciou crédito de US$ 300 (R$ 1,66 mil) para clientes afetados, que pode ser usado para oferecer suporte a uma solução substituta para seu local de trabalho. Além disso, os clientes serão reembolsados ​​por quaisquer taxas da Astro Secure não utilizadas e pré-pagas.