Caso alguém queria invadir sua casa, um roteador Wi-Fi pode te avisar. Ao menos é o que uma empresa promete ao ter criado novo sistema que seria capaz de usar redes de Wi-Fi para detectar intrusos.

O sistema de alarme residencial Wi-Fi da Gamgee pode aprender a reconhecer pessoas e animais de estimação que pertencem a esse local e alertá-lo sobre estranhos – ou, talvez, até mesmo, quando uma pessoa idosa sofre uma queda.

publicidade

Pesquisas recentes já haviam mostrado que algoritmos especializados podem ser usados ​​para analisar sinais de Wi-Fi refletidos e detectar uma pessoa em uma sala, mesmo através das paredes. Outros avanços foram feitos para diferenciar as pessoas com base na altura, formato do corpo ou, mesmo, na maneira como andam. Agora, a startup holandesa Gamgee está colocando essa tecnologia em produtos de consumo.

O sistema de Wi-Fi é composto por um conjunto de roteadores que formam uma rede mesh, que, antes de tudo, garante conexão confiável à internet em toda a casa. Mas a outra função principal, claro, é que eles podem detectar movimento com a ajuda de algoritmos integrados.

publicidade

Leia mais:

publicidade
Dispositivo inovador de Wi-Fi consegue detectar movimento e identificar moradores (Imagem: Divulgação/Gamgee)

Como funciona o Wi-Fi que detecta intrusos

  • Segundo a empresa, uma fase de treinamento de duas semanas permite que o sistema aprenda a reconhecer as “impressões corporais” de moradores, visitantes regulares e até crianças e animais de estimação;
  • Depois disso, movimentos desconhecidos irão acionar uma notificação para o usuário, permitindo que ele rotule novo hóspede – ou alertando-o sobre possível intruso, até mesmo no cômodo específico ou parte da casa em que está;
  • Outro caso de uso que a equipe parece estar explorando é monitorar os movimentos dos idosos em suas casas e alertar os familiares em caso de queda;
  • Controlado por meio de um aplicativo, o sistema de detecção pode funcionar o tempo todo ou apenas quando o proprietário sai de casa.

A Gamgee insiste que todos os dados de movimento sejam processados ​​e armazenados nos próprios roteadores e nunca na nuvem, algo que poderia preocupar algumas pessoas por conta de violações de privacidade.

Conforme o New Atlas, o sistema de alarme doméstico Wi-Fi Gamgee está atualmente buscando financiamento, onde uma doação de € 295 (cerca de R$ 1,74 mil) garante três roteadores que usam o sistema. Se as metas de financiamento forem batidas, os envios dos produtos devem ocorrer a partir de janeiro de 2025.

publicidade