A imigração italiana completa 150 anos no Brasil em 2024 e, desde a pandemia, a busca por cidadanias estrangeiras aumentou consideravelmente por aqui. De acordo com a própria embaixada italiana, são cerca de 30 milhões de brasileiros com descendência.

Todos os brasileiros com algum grau de descendência italiana podem tirar a cidadania, mas isso não significa que é um processo fácil. Pelo contrário, é burocrático, complexo e demorado.

publicidade
passaporte italiano
Com aumento da demanda, golpes se tornam mais comuns na busca pela cidadania italiana (Imagem: Krakenimages.com/Shutterstock)

Golpes se tornaram comuns na hora de tirar cidadania italiana

Segundo Matheus Reis, CEO da Io.Gringo, empresa especializada em cidadania portuguesa e italiana, deve-se evitar ajuda de casas temporárias para conseguir a chamada cidadania administrativa.

Ele explicou:

publicidade

No pedido de cidadania administrativa, a pessoa que estiver requerendo deve ir junto de sua família para a Itália. Esse privilégio de solicitar a cidadania foi pensado pelo governo italiano para facilitar aos descendentes que realmente se mudassem para lá – por exemplo, quem for estudar ou que for transferido de emprego. O problema é que ocorrem muitos casos de falsificação, alugando casas temporárias, ou seja, fingem que estão residindo oficialmente no país, porém, saem do país logo que o processo termina e a casa é novamente vai para outra pessoa.

Matheus Reis

Nesses casos, os clientes são atraídos pela promessa de um processo simplificado, sem serem informados sobre o risco da negação da cidadania.

Leia mais:

publicidade

Siga essas dicas para facilitar o processo da sua cidadania

Reis deu algumas dicas para facilitar o processo de tirar uma cidadania italiana:

  • Busque uma assessoria com escritório no Brasil com equipe à disposição de você e sua família, consulte o site desta empresa para buscar informações sobre localidades e CNPJ;
  • Não contrate o serviço mais barato, mas sim o mais seguro. Avalie se a empresa já tem outros clientes que tiraram a cidadania e busque referências da empresa no Reclame Aqui e no Google;
  • Evite pagamentos internacionais para desconhecidos, mesmo que eles se apresentem como advogados;
  • Não acredite em promessas de cidadania rápida ou fácil. O processo para a cidadania deve exigir competência técnica de quem o executa. Fugir dos “jeitinhos” é crucial, afinal, a cidadania é um pedido feito ao governo italiano;
  • Busque pela via judicial para o reconhecimento da sua cidadania, por meio dessa via, você tem certeza que o reconhecimento será avaliado por um juiz e será feito conforme a legalidade necessária.