Qual o carro mais rápido do mundo? Não, não é um dos famosos carros de Fórmula 1. Nem de outra categoria que passe na TV. Acredite, essa simples pergunta não é tão fácil de ser respondida.

Primeiro porque diferentes marcas dizem que o seu veículo é o mais rápido. A medição oficial do Guinness World Records, porém, aponta para o Koenigsegg Agera RS, que atingiu impressionantes 447,19 km/h em 2020.

Vídeo relacionado

Leia mais

Só que de 2020 para cá muita coisa aconteceu. A própria Koenigsegg, por exemplo, já lançou um sucessor para o Agera. Além disso, outros 3 carros bateram a marca no período – e o fizeram até com certa facilidade.

publicidade

O Hennessey Venom F5 alcançou 484 km/h; o Bugatti Chiron Super Sport fez 490 km/h; e o SSC Tuatara atingiu incríveis 508,73 km/h em um teste feito no ano passado nos Estados Unidos.

O Guinness, no entanto, não contabilizou oficialmente nenhum desses feitos (e eu explico o porquê no final deste texto).

publicidade

Mesmo com o recorde atual, a sueca Koenigsegg quer retomar pra si o título moral também. Para isso, ela vai colocar na pista o seu modelo de última geração.

Conheça o Koenigsegg Jesko

A família Koenigsegg Jesko tem dois integrantes: o Absolut e o Attack – Imagem: Divulgação/Koenigsegg
  • Essa máquina tem um motor V8 biturbo de 5 litros e 1.600 cavalos de potência.
  • Existem duas versões dele: o Jesko Absolut e o Jesko Attack.
  • Segundo os desenvolvedores, o Absolut é mais rápido porque tem um par de barbatanas inspiradas no jato de caça F-15.
  • Isso canaliza de forma mais eficaz o ar que passa pela traseira do carro para aumentar a estabilidade em alta velocidade.
  • A ideia da empresa é levar esse hiper-carro para o teste oficial.
  • Antes disso, porém, o veículo conseguiu superar outros recordes.
  • Ele foi o mais rápido do mundo no exercício que consiste em: sair do zero, atingir 400 km/h e depois frear, voltando ao zero.
  • O Jesko fez isso em 27,83 segundos, como mostra o vídeo a seguir:
  • Existem rumores de que esta máquina extraordinária seria capaz de alcançar os 531 km/h.
  • Mas, para isso, a marca vai precisar encontrar uma estrada reta o suficiente, o clima perfeito e um motorista com nervos de aço…

Regras do Guinness

  • Para que o título seja reconhecido, algumas regras precisam ser cumpridas.
  • Primeiro, o veículo tem de ser idêntico ao que é vendido para o consumidor.
  • Em segundo lugar, é necessário percorrer a rota nas duas direções, garantindo que não haja interferência do vento e da inclinação da pista.
  • Além disso, é obrigatório usar combustível e pneus comuns, e a velocidade deve ser aferida por GPS, com duas testemunhas.
  • Ainda há um quinto item no regulamento: o feito deve acontecer em via pública e não em circuito fechado.
  • E tudo deve ocorrer com a presença de um fiscal do Guinness World Records.

Ou seja, não é tão fácil assim.

publicidade

As informações são do New Atlas.