Alguns analistas já cravaram que o futuro do automobilismo nas ruas será elétrico. Mas e nas pistas? Será que os EVs substituirão um dia os carros de corrida com motor a combustão? Será que o público vai gostar da mudança?

Eu poderia elencar mais inúmeras perguntas, mas todas elas continuariam sem resposta. Qualquer diagnóstico feito agora será equivocado e ficará no campo da adivinhação. Agora, o que é fato é que já existem carros elétricos potentes o suficiente para disputar em alto nível.

Vídeo relacionado

Leia mais

No último fim de semana, a NASCAR (National Association for Stock Car Auto Racing), uma das principais, senão a principal, categoria de velocidade nos Estados Unidos, apresentou o seu primeiro protótipo elétrico.

publicidade

O modelo, desenvolvido pela Chevrolet, Ford e Toyota, em parceria com a empresa de eletrificação ABB, foi conduzido pelo piloto veterano David Ragan. O veículo acelerou na pista da Chicago Street Race, uma das etapas da NASCAR Cup Series.

E, como você vai ver no vídeo abaixo, o ronco do motor foi embora, mas o carro fez bastante barulho mesmo assim:

publicidade

Detalhes do modelo elétrico da Nascar

  • O carro possui três motores STARD UHP de 6 fases (um dianteiro e dois traseiros).
  • Tudo isso é alimentado por uma bateria de 78 kWh refrigerada a líquido.
  • De acordo com a NASCAR, “seu trem de força ajustável pode gerar 1.000 kW na potência máxima”.
  • Do lado de fora, o carro foi construído sobre um chassi Next Gen modificado – que é o utilizado atualmente na série Cup.
  • Outro detalhe interessante é que a frenagem regenerativa converte energia cinética em potência.
  • E a aceleração é duas vezes mais rápida que a de um stock car normal.
  • Ele, no entanto, não alcançou a mesma velocidade máxima nos testes.
  • A diferença de tempo, porém, foi muito pequena: de apenas dois décimos de segundo.
  • Ou seja, não ficou devendo em nada para um veículo a combustão.
Além de potente, o protótipo da NASCAR ficou bem bonito – Imagem: Divulgação/NASCAR

A NASCAR pensa em trocar os carros por EVs?

A resposta é não. Pelo menos não agora. A experiência do último fim de semana fez parte de uma ação da categoria com a empresa de eletrificação ABB.

Num primeiro momento, os organizadores apenas quiseram medir o interesse dos fãs em corridas elétricas. Além disso, a NASCAR aproveitou para anunciar algumas metas de sustentabilidade que eles querem perseguir – e a ABB vai ajudar a alcançar.

publicidade

Os americanos querem reduzir sua própria pegada de carbono a zero em suas operações principais do projeto NASCAR Impact até 2035.

Além disso, eles planejam fornecer eletricidade 100% renovável em suas pistas e instalações de corrida até 2028. Para isso, querem contar com diversas estações de carregamento espalhadas pelos locais, além de foco em fontes de energia renovável.

Sustentabilidade
A sustentabilidade também é pauta importante nas principais categorias de corrida do mundo – Imagem: panomporn lungmint/Shutterstock

Sobre os carros em si, antes dos EVs puros, as montadoras devem pensar em combustíveis mais limpos. Seria uma mudança menos brusca – e mais barata.

As informações são do Inside Evs.