Desde que foi adquirido pelo bilionário Elon Musk, o X (antigo Twitter) acumulou mais polêmicas do que novos usuários. E não, isso não é achismo da imprensa que Musk tanto critica. Estamos falando de informação.

Entenda a crise no X (antigo Twitter)

Dados divulgados pelo jornal Financial Times mostram que a rede social teve uma média de 251 milhões de usuários diários no segundo semestre deste ano. Isso representa uma alta de apenas 1,6% em relação ao mesmo período de 2023.

publicidade

De 2022 para 2023, aliás, o crescimento já não tinha sido essas coisas, ficando abaixo da casa dos 5%. Isso contrasta com o desempenho de anos anteriores, antes da compra de Elon Musk: em 2020, por exemplo, o aumento de usuários diários ficou próximo dos 30%.

Mas será que o fator Musk é o único que afeta os resultados da plataforma? Segundo alguns especialistas, a resposta é sim…

publicidade

Leia mais

Elon Musk
Elon Musk é um dos homens mais ricos do mundo (mais polêmico também) – Imagem: photosince/Shutterstock

Elon Musk acumula polêmicas

  • Musk mostrou ser um líder controverso logo de cara: no momento em que comprou a empresa, ele já mudou o nome dela.
  • E estávamos falando de uma marca consolidada…
  • No fim, a decisão não se mostrou das melhores, já que muita gente continua chamando a plataforma de Twitter.
  • Elon Musk também foi alvo de críticas quando passou a cobrar pelo selo de verificação, algo que sempre foi gratuito.
  • E uma coisa que aprendi na vida é que, para desagradar alguém, basta mexer no bolso dela.
  • O X também passou por alguns períodos de instabilidade, com a demissão em massa de funcionários terceirizados e a remoção da maioria dos moderadores de conteúdo.
  • O bilionário também é um ímã para polêmicas: basta abrir a boca ou postar algo nas redes sociais.
  • Musk sempre dá um jeito de perseguir pautas que considera de esquerda.
  • Além disso, faz questão de se aliar com nomes da extrema-direita, dizendo ser uma espécie de arauto da liberdade de expressão.
  • Ele também já sofreu acusações de permitir a propagação de discurso de ódio nas postagens do X.

A lista é bem grande. Mesmo assim, tem analista que atribui essa estagnação da plataforma a outro evento: o nascimento de um grande rival, o Threads, da Meta.

publicidade
Celular com ilustração sobre Threads na tela e logotipo do Instagram ao fundo
Em um ano, o Threads já se aproximou do X em número de usuários diários – Imagem: Adrian Tusar/Shutterstock

Threads completa 1 ano com bons números

A rede social acaba de comemorar aniversário neste mês de julho. E podemos dizer que ela já acumula algumas vitórias neste período.

A começar pelo recorde de 100 milhões de downloads em apenas 7 dias. Sim, teve a ver com a integração com o Instagram, mas, mesmo assim, é um número expressivo.

publicidade

Outro número expressivo são os usuários diários: 175 milhões, de acordo com o CEO da Meta, Mark Zuckerberg. Sim, ainda está distante dos 251 milhões do X. Mas a curva de um é ascendente e a do outro descendente.

E olha que o Threads não é nada demais. Ele só nasceu no momento certo, aproveitando-se dessa fase de instabilidade do principal concorrente.

Se você quiser saber mais sobre o aniversário de 1 ano da plataforma, o Olhar Digital preparou um texto especial sobre esse assunto.

Com informações do The Verge.